Kanoa Igarashi em mar agitado durante a disputa pelas oitavas de final pela 1ª bateria

Na bateria que abre as oitavas de final terá o indonésio Rio Waida contra o japonês e um dos favoritos ao título Kanoa Igarashi.

Sobretudo, o surf é um esporte imprevisível, pois não depende apenas da ação humana, mas principalmente das forças da natureza. Desde o início da competição no sábado(24) a maré não vem colaborando para o show. Ondas que variam entre pequenas e médias.

Advertisement

A prata da casa Kanoa Igarashi não teve problemas em ter que participar das repescagens, o que é o caso de seu adversário Rio Waida.

Bateria entre Kanoa e Rio

A princípio a competição é retardada por conta das condições climáticas na praia de Tsurigasaki. Durante a semana alguns veículos de notícias trouxeram a informação de que um tufão atingiria a região durante as baterias.

A disputa começa no momento de entrar na água. A maré agitada e correnteza forte torna a entrada um desafio. Logo depois, os dois surfistas encontram dificuldade para achar uma boa onda. Kanoa é quem tem o melhor discernimento ao escolher a onda e anota quase dez pontos de vantagem em cima do indonésio.

Em seguida, Rio encontra duas ótimas ondas para diminuir a vantagem de Kanoa Igarashi. Dessa maneira, faltando 5 minutos para o fim do duelo a vantagem é apenas de 2 pontos do japonês. Como resultado, Kanoa vence e avança para as quartas de final do surf masculino.

Foto Destaque: Divulgação/Ryan Pierse/Getty Images

mm

Bet 7


Related Post