Em primeiro lugar, a coluna Escalando Muralhas traz como destaque nesta semana a estada do jogador brasileiro Alan Kardec, no futebol chinês. Natural de Barra Mansa/RJ, o atacante começou nas categorias de base do Vasco nos anos 2000. Em seguida, passou a integrar a equipe principal Cruzmaltina, disputando a sua primeira partida em 14 de fevereiro de 2007 pela Copa do Brasil, diante do Fast Club de Manaus. Porém, apesar da boa estreia, o primeiro gol do atacante só aconteceu em um jogo contra o Botafogo pela Taça Rio, em 11 de abril do mesmo ano.

Nesse interím, o jogador passou a se destacar e despertou interesse de outros clubes. Então, em setembro de 2009, foi emprestado ao Colorado, onde ficaria por um ano. No entanto, logo em seguida, o Benfica de Portugal, fez uma proposta ao Vasco e o atacante se despediu do Brasil rumo à Europa.

Advertisement

A curta passagem pela Europa e o retorno ao Brasil

Em suma, diferente do esperado, o jogador permaneceu por pouco tempo no continente europeu. Durante sua breve passagem, o atacante jogou pela equipe principal do Benfica apenas na primeira temporada. Em 2011, foi emprestado ao Santos, por um ano. Logo, ao retornar novamente para o clube português, o atleta jogou pelo time B, onde participou de poucos jogos. Similarmente, em meados de 2013, sobre novo contrato de empréstimo, o jogador acabou seguindo para o Verdão. 

Em contraste ao desempenho na Europa, pela equipe paulista, Alan se destacou. Dessa forma, em 28 jogos, foram 15 gols marcados. Simultaneamente, a diretoria Alviverde manifestou o desejo de manter o artilheiro do time. Em contrapartida, a negociação não teve um bom desfecho. Tendo em vista que, por detalhes de valores, o clube e o staff do jogador acirraram uma disputa nos bastidores. Desse modo, o acordo não foi firmado. Por fim, em abril de 2014, o atleta decretou a sua saída para o rival, o Tricolor do Morumbi.

Em gramados Asiáticos

Posteriormente, no meio da temporada de 2016, o jogador recebeu uma proposta e se transferiu do São Paulo para o clube chinês Chongqing Lifan. Na época, o time chinês pagou R$ 18 milhões por 70% dos direitos econômicos do atleta.

Em síntese, o atacante fez sua primeira partida em julho, dias após a sua chegada ao clube. Porém, em sua estreia o jogador não balançou as redes. Embora, na ocasião, o seu time ganhou o jogo por 3 x 0 diante da equipe do Henan Songshan em confronto da SuperLiga Chinesa. Por fim, o primeiro gol aconteceu em seu terceiro jogo realizado, contra o BJ Guoan na vitória por 2 x 1 em outro duelo da Liga. Em sua primeira temporada, o atleta marcou 10 gols e deu três assistências.

A importância de Alan Kardec no Chongqing

A saber, o jogador foi destaque desde a sua chegada ao time. Atualmente, é o maior artilheiro da história do clube, além disso, foi capitão da equipe sendo peça fundamental no elenco. Nas temporadas de 17/18 e 19, disputou o total de 93 jogos, com 48 gols e 15 assistências. Entretanto, no ano de 2020, devido ao problema da pandemia do novo coronavírus, o futebol foi paralisado temporariamente. Todavia, após a retomada dos jogos, o jogador disputou 15 partidas, com nove gols e cinco assistências.

Permanência na China

A princípio, devido aos problemas financeiros e a troca dos donos do clube no ano passado, o Chongqing passou a ter uma gestão conturbada. Com isso, o jogador ficou insatisfeito com a forma ao qual a situação estaria sendo conduzida. Uma vez que, o plantel sofreu com os atrasos de salários, além dos impostos e direitos de imagens de alguns atletas que não foram devidamente pagos.

Por sua vez, o clube acertou dois meses de atrasos, mas, ainda assim, há pagamentos a realizar e ainda passa por uma grave crise econômica. Simultaneamente, alguns clubes chineses, bem como, algumas equipes brasileiras, demonstraram interesse pelo artilheiro. Antes que, os times do Brasil pudessem se animar com uma possível transferência do jogador, viram o atleta confirmar a sua permanência na China.

Futuro definido

De antemão, mediante a situação, o jogador decidiu por não permanecer na equipe. Desse modo, também optou por não levar o clube à justiça e acertou de forma amigável sua rescisão. Contudo, após a sua saída do Chongqing, o jogador permanece na China e vai defender o Shenzhen FC. O time fará a estreia pela Superliga Chinesa em 26 de abril. Antes de mais nada, o clube prometeu ao novo reforço a garantia de briga e disputa por títulos.

Em suas redes sociais, Alan Kardec se despediu e agradeceu ao antigo clube e a torcida.

Ademais, não veremos o atacante tão logo no Brasil, tendo em vista que o jogador é bem adaptado ao país. Além disso, é nítido que a China faz bem ao atleta. Sendo assim, que o mesmo sucesso obtido no Chongqing, seja alcançado ou até mesmo superado pelo Kardec, em seu novo clube Shenzhen FC.

Informações adicionais importantes

Nome completo: Alan Kardec de Souza Pereira Junior

Nasc./Idade: 12/01/1989 (32)

Local de nascimento: BrasilBarra Mansa

Nacionalidade: BrasilBrasil

Altura: 1,90 m

Posição: Centroavante

Agente: TFM Agency

Antigo jogador de Seleção: BrasilBrasil S20

Jogos de Seleção/Gols: 15/6

Desenvolvimento e Valor de Mercado: 1,50mi. € – Última alteração: 26/12/2020

Posição Detalhada

Conquistas

Títulos / Temporadas
09/10 Sport Lisboa e Benfica
10/11 Sport Lisboa e Benfica
09/10 Sport Lisboa e Benfica
12/13 Campeonato Brasileiro Série B
08/09 Campeonato Brasileiro Série B

A saber, o atacante não possui nenhum título pelo Chongqing. Contudo, é válido ressaltar, que a equipe possui apenas dois títulos em sua história, sendo uma Taça por ter sido promovido à primeira Liga 13/14 e a Taça China em 2000.

Foto: Reprodução/GazetaEsportiva

Por: Neila Gonçalves 

Redação Inglês

Related Post