EUA derrotam Espanha

Na noite deste domingo (18), Estados Unidos e Espanha se enfrentaram antes de partir para Tóquio e disputar as Olimpíadas. Em Las Vegas, os espanhóis até conseguiram ir para o intervalo na frente. Porém, com grandes atuações de Damian Lillard, Kevin Durant e Keldon Johnson, os americanos saíram vitoriosos por 83 x 76. Assim, depois de começo ruim, os atuais tricampeões olímpicos terminam a série de amistosos com dois triunfos e dois reveses.

EUA x Espanha como aconteceu

Equipes

Mudando novamente o quinteto inicial, Gregg Popovich escolheu Durant, Lillard, Tatum, Green e LaVine. Ademais, entre os reservas estavam Keldon Johnson e JaVale McGee. Ambos foram chamados para os lugares de Bradley Beal, que entrou nos protocolos contra a Covid-19, e Kevin Love, que pediu dispensa. Já na Espanha, os nomes de mais destaque eram Pau e Marc Gasol, além de Ricky Rubio e Rudy Fernandez.

Advertisement

O jogo

As defesas começaram muito bem. Tatum e Lillard comandaram os primeiros minutos, deixando os americanos na frente. Contudo, depois de começar a pontuar, a Espanha conseguiu a virada. Comandada por Rubio, que terminou o primeiro tempo com 14 pontos, a segunda colocada do ranking da FIBA abriu vantagem. Todavia, os EUA reequilibraram no final do segundo quarto, mas ficaram dois pontos atrás dos rivais, perdendo por 38 x 36.

Posteriormente, após grande insistência, os donos da casa retomaram a frente do duelo. Com ótimo terceiro período, os EUA conseguiram encaixar seu jogo, acertar as bolas de três e se segurar na briga pelos rebotes. Durant, LaVine e Lillard foram fundamentais no ataque, assim como Johnson, que acertou sete dos nove arremessos que tentou no jogo. Por fim, o quarto final foi de manutenção da vantagem e confirmação de vitória para os americanos.

Destaques individuais: Damian Lillard (19 pontos e seis assistências), Ricky Rubio (23 pontos) e Keldon Johnson (15 pontos).

Foto em destaque: Divulgação/NBA

Leonardo Abrahão
Jornalista em formação pela Universidade Nove de Julho. Redator e setorista do São Paulo no núcleo de basquete. Comentarista e repórter da Rádio Poliesportiva em transmissões de futebol, além de repórter do futebol chinês no podcast Futebol na Veia.

Cyber


Related Post