Universidad do Chile

O Club Universidad de Chile foi fundado em maio de 1927.O time nasceu em Santiago, capital do país e foi apelidado de Ballet Azul, devido ao bom jogo que exibiu em campo. Esta equipe foi, portanto, considerada uma das melhores do nível americano na década de 1960, juntamente com o Santos de Pelé. Este é o tema da semana na coluna Alma Roja desta semana.

Advertisement

A história do clube

Hoje com 93 anos, a La U foi uma união dos clubes Náutico Universitário, Internado, Universitário de Atletismo e Federação Universitária. Sendo assim, adotaram a Coruja como seu mascote e símbolo principal. Então, começaram a jogar na série amadora em 1930. Após ganharem o campeonato da série B em 1936 e em 1937, solicitaram o acesso à 1ª divisão.

Dessa forma, os Azulles tiveram que enfrentar o Audax Italiano, onde empataram no 1º tempo. Por fim, já no complemento, os Italianos converteram o gol da vitória, terminando 2 x 1. Porém, os dirigentes da associação de futebol gostaram tanto da performance da Universidad de Chile e, com isso, foram aceitos na elite chilena. Logo depois, estrearam em 1938 contra o Club Deportivo Magallanes.

(Reprodução/Wikipédia)
(Reprodução/Wikipédia)

Por que Ballet Azul?

A década de 1960 foi o auge da carreira do La U. Ali, alcançou seu ápice tanto nacional quanto internacionalmente. Seu elenco estava repleto de talentos, como Leonel Sánchez. Além disso, o time conquistou seis campeonatos entre 1959 e 1969.

A origem do nome, foi graças a Luís Álamos, nas divisões inferiores do clube. O futebolista criou uma geração de jovens que evitaram o rebaixamento do clube em 1954. Anos depois, conseguiram o campeonato nacional em 1959. Com isso, a rivalidade com o Colo-Colo se intensificou, o que marca o nascimento do Ballet Azul.

Entretanto, em 1966, La U começou a sofrer uma crise. Em primeiro lugar, alguns jogadores titulares foram convocados para a Seleção Nacional para o mundial. Com isso, foram privados durante quase toda a primeira fase do torneio nacional. Além disso, Luís Álamos saiu por divergências no elenco. Também, sofreram mais profunda crise econômica. Em 1989, foram rebaixados para a Segunda Divisão.

Ademais, a Universidad de Chile serviu de base para a Seleção Chilena. Sendo assim, garantiu o 3º lugar na Copa do Mundo de 1962 e foi classificada para a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra. Então, o Ballet Azul foi convidado para conhecer a Europa. Ali, derrotou o Inter de Milão e o Botafogo, clube no qual grande parte dos jogadores da Seleção Brasileira de 1962 jogaram. La U conseguiu se reerguer em 1994, com a presidência do doutor René Orozco. O clube ainda foi bicampeão nacional, vencendo o Deportes Temuco por 2 x 0.

Carreira Internacional

Pouco depois, em 1996, os Azulles fizeram sua última campanha internacional. Então, disputaram a Taça Libertadores da América e conseguiram alcançar as semifinais do torneio. Porém, o grande River Plate eliminou o time.

Ademais, no fim dos anos 90, alcançou o bicampeonato nacional (1999) e ficou invicto por 34 jogos. Depois, conquistou, em 2004, o torneio Apertura do Campeonato Chileno. Logo depois, disputou novamente a Libertadores. Neste, eliminou o Flamengo nas quartas de final e se classificou para as semifinais. Porém, foi eliminado pelo Chivas-MEX por 2 x 0.

Em seguida, conquistou seu primeiro título internacional, a Copa Sul-Americana, em 2011. Sua atuação na copa revelou o craque Eduardo Vargas. O jogador veio a tornar-se uma lenda, marcando mais gols em uma única edição da competição.

(Reprodução/Wikipédia)
(Reprodução/Wikipédia)

Os Azulles ainda tiveram a oportunidade de jogar na Libertadores em 2012, sendo eliminados pelo Boca Juniors na semifinal. Entretanto, foram vencedores da Copa Suruga Bank no mesmo ano e conquistaram o campeonato Chileno em 2014 e 2017.

Além disso, um de seus jogos mais marcantes aconteceu no Marrocos há 58 anos. Neste jogo, a Universidad venceu o Botafogo, de Garrincha, por 3 x 2. No entanto, o clube não esperava por esse resultado.

O Ballet Azul atualmente

Antes de mais nada, a Universidad de Chile ingressou na Pré-Libertadores de 2021 através do 3º lugar do Campeonato Chileno 2020. Anos antes, os Azulles tiveram em sua equipe o meia argentino Walter Montillo, entre 2008 e 2010.

O jogador, que também jogou no Cruzeiro, está aposentado e é lembrado até hoje por sua atuação no time chileno. Recentemente, um torcedor publicou no twitter um vídeo de seu filho. Nele, a criança vestia o uniforme do Universidad de Chile e dizia:  “Pareço o Montillo, papai“. Por fim, o atleta, então, se emocionou com a homenagem.

Assim, fica evidente, portanto, que um dos mais importantes clubes da América Latina carrega uma história repleta de reviravoltas. Por fim, dentre crises e vitórias, La U mantém seu bom e velho futebol. Sempre se reerguendo e mostrando ser uma equipe de peso.

Foto destaque: Divulgação / La U

mm
Quem sou eu? Sou mineira, apaixonada por música e pela série Friends. Como uma estudante totalmente acostumada a escrever e falar sobre política e cultura, resolvi me aventurar nos esportes, totalmente fora da minha zona de conforto. Além de ser uma pessoa muito curiosa, sempre gostei muito de escrever. Após alguns anos tentando áreas que não tinham nada a ver comigo, resolvi fazer alguns testes vocacionais e o jornalismo sempre estava entre os resultados. Então, passei a pesquisar mais sobre a área e me identifiquei bastante. Foi quando decidi que era isso que eu queria fazer. Inicialmente, meus planos era trabalhar única e exclusivamente com redação, minha timidez não me deixava ir além. Mas, essa é uma barreira que eu venho vencendo diariamente na minha graduação. Atualmente, também escrevo para a editoria de Jornalismo Cultural no Lab Dicas de Jornalismo. Meu principal objetivo a longo prazo no jornalismo é trabalhar como Correspondente Internacional.

Cyber


Related Post