Boavista

O Boavista vem realizando ótima campanha na Copa do Brasil. Assim, o Verdão de Saquarema surpreende na competição nacional. O clube já eliminou Goiás e Picos, na 1ª e 2ª fases do torneio, respectivamente. Em jogos de ida e volta, terá o Vasco da Gama na 3ª fase. Nesta terça-feira (1), às 21h30 (horário de Brasília), no estádio Elcyr Resende de Mendonça, acontece o primeiro duelo.

Já no domingo (6), a equipe estreia no Campeonato Brasileiro da Série D, contra o São Bento, às 18h (horário de Brasília), pela 1ª rodada, em casa.

Advertisement

Entrevista com Jefferson Renan, do Boavista

Jefferson Renan, atacante do Boavista, falou ao FNV Sports sobre a expectativa para o confronto diante do Vasco pela 3ª fase da Copa do Brasil; e projetou a sequência do Verdão de Saquarema na Série D do Brasileirão.

Ótima fase na Copa do Brasil

O Boavista vem realizando ótima campanha na Copa do Brasil 2021. Assim, a equipe já eliminou Goiás e Picos, na 1ª e 2ª fases, respectivamente, na competição nacional. Jefferson Renan, atacante do time, valorizou ambas as classificações do clube.

“Nossa equipe sabia que enfrentaria outro clube difícil, que era o Goiás. Um jogo bastante complicado, mas graças a Deus deu tudo certo. Fizemos uma boa partida e passamos com muito mérito. E na 2ª fase pegamos o Picos, que jogando dentro do seu domínio acaba tendo sua preferência e força. Um forte calor no Piauí e o campo também não ajudava. E também conseguimos passar desta fase”.

A saber, o clube da Região dos Lagos do Rio terá outro difícil duelo na próxima fase da Copa do Brasil. Em jogos de ida e volta, o Boavista terá pela frente o Vasco da Gama, sendo primeiro jogo no estádio Elcyr Resende de Mendonça.

“Agora, na 3ª fase, nesses dois jogos contra o Vasco, é pensar jogo a jogo. Mas temos um grupo muito forte e dedicado. Sabemos que o Vasco é um time de camisa e grande em nosso país, mas é entrar em campo com os pés no chão e acreditar que iremos mais longe, sim”.

Jogo contra o Vasco pelo Carioca

O Boavista foi o algoz do Vasco da Gama na 10ª rodada do Campeonato Carioca. Assim, o Verdão de Saquarema não conseguiu se classificar à fase final – e contribuiu na eliminação dos vascaínos. O clube chegou a abrir 2 x 0, mas o Gigante da Colina reagiu e empatou o jogo. 2 x 2. O resultado tirou a equipe de Marcelo Cabo da fase final da competição – que viria a vencer a Taça Rio, em final contra o Botafogo.

“Até o jogo do Vasco, tínhamos a expectativa de entrar na Taça Rio. Eram duas equipes que precisavam ganhar para permanecer na competição, mas confesso que foi um resultado que nosso clube não esperava naquele momento, até porque abrimos dois a zero”.

Expectativa para a Série D

O Campeonato Brasileiro da Série D tem seu pontapé inicial no sábado (5). Com isso, o Boavista chega para disputar mais uma edição da competição nacional. No domingo (6), os comandados do técnico Leandrão entram em campo diante do São Bento, em casa, às 18h (horário de Brasília), pela 1ª rodada. Jefferson Renan destaca a dificuldade de disputar o torneio, mas acredita que o clube pode realizar uma bom campeonato e buscar o acesso à Série C.

“A Série D é uma competição difícil, primeiro, claro, porque todos os times entram com a intenção de subir para a Série C. Mas também encontramos dificuldades tanto nas longas viagens quanto nas precárias condições dos campos, em alguns lugares. Nosso grupo está focado e pensando jogo a jogo. Primeiramente passar essa fase de grupos e depois continuar batalhando pelo acesso”.

Completou: “O Boavista é um time que merece estar em competições de maior relevância. No mínimo, uma Série C. É um time que oferece uma estrutura e muito conforto à nossa equipe. Então, estamos bastante empenhados para conquistar nosso objetivo”.

O Boavista está no Grupo 7 da Série D. São eles: os cariocas Bangu e Madureira, os paulistas Inter de Limeira, Portuguesa, Santo André e São Bento, e o paranaense Cianorte.

Campanha no Carioca

No Campeonato Carioca deste ano, o Boavista não conseguiu ter o rendimento como o esperado. O clube ficou fora da fase final do torneio e, até mesmo, da Taça Rio. Durante a competição, a equipe sofreu com vários casos da Covid-19.

“No Carioca, nossa equipe teve muitos jogadores com Covid-19. E isso atrapalhou bastante nossa caminhada na competição, pois interfere na conexão do grupo, no entrosamento. Nós poderíamos chegar longe, assim como chegamos o ano passado. Mas isso é passado. Fica de experiência. E o foco agora são as duas competições que ainda estamos disputando e buscar nossos objetivos”.

Assim, o time de Saquarema terminou o campeonato na 10ª posição (11 pontos), com apenas duas vitórias, cinco empates e quatro derrotas.

Foto Destaque: Reprodução/Eduardo Peralta/Boavista

Matheus Henrique Petolini
Escolhi fazer jornalismo em virtude da paixão pela comunicação, especialmente quando falo sobre futebol. Fiz estágio colaborativo na Premier League Brasil (03/2020 a 02/2021), para a editoria de Instagram. No momento, me vejo aberto para variadas opções dentro do jornalismo. Mas, com toda certeza, tenho o sonho da especialização em jornalismo esportivo. Gosto de novos desafios, pois são essenciais para o desenvolvimento de qualquer profissional. Logo, me vejo como uma pessoa bastante colaborativa e democrática, no campo das ideias e debates.

1xBet


Related Post