O Brasil já estreou nos Jogos Paraolimpíadas de Tóquio 2020 conquistando quatro medalhas na natação. Isso porque coube aos dois “Gabriéis” ganharem os primeiros pódios. Com uma diferença de poucos minutos. 

A primeira conquista veio para o nadador brasileiro Gabriel Araújo dos Santos. O mineiro levou a medalha de prata nos 100 metros costa da classe S2 com o tempo de 2 mim 02s 47. Entretanto o ouro ficou para o chileno Alberto Abraza com 2 min 00s 40 e o bronze para o Comitê Olímpico Russo Vladmir Danilenko com 2 min 02s 74. 

Primeiro ouro do Brasil

Além disso, outro brasileiro que subiu no pódio foi o atleta Gabriel Bandeira, que levou a medalha de ouro. Enfrentando sua primeira final nas Paraolimpíadas, ele venceu os 100 metros borboleta da classe S14 em 54s 76, conquistando o novo recorde paraolímpico.

Gabriel disputou a prova com o britânico Recce Dunn que ficou com a medalha de prata com o tempo de 55s 12 e com o australiano Benjamin Hance com 56s 90. 

Medalhas para os veteranos

Outro atleta brasileiro que brilhou nas Paraolimpíadas foi Phelipe Rodrigues. Isso porque, aos 31 anos, conquistou o bronze nos 50 metros livre na classe S10. 

O atleta que já participou de outras três Paraolimpíadas, fez outro marco para sua carreira conquistando essa medalha. No total Phelipe conquistou 5 pratas e 2 bronzes. Já em Mundiais ganhou 3 ouros, 8 pratas e 4 bronzes. 

Encerrando a noite, tivemos Daniel Dias que aumentou sua coleção de medalhas. Isso porque, Dias vai se aposentar após os Jogos Paraolímpicos de Tóquio 2020.

Daniel conquistou o bronze nos 200 metros livre classe S5. 

Dias ainda tem seu último dia nas piscinas, isso porque o 50 metro livre, está programado para o dia 01 de setembro. 

Foto Destaque: Reprodução Twitter Spotv

mm
Sou a Vanessa Trois, recém graduada em jornalismo pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), apaixonada por escrita e esporte. Sempre gostei muito de esportes e entrei no jornalismo para focar em trabalhar na área de esportes.

Cyber


Related Post