BrTT. (Foto: Divulgação/Riot Games Brasil)

Primeiramente, em todo esporte existe um craque, um atleta que, aos olhos do público, torna-se um ponto fora da curva e é capaz de protagonizar momentos marcantes. Dessa forma, no esporte eletrônico não é diferente. Assim, uma gama de jogadores dão motivos de sobra para serem considerados os melhores em seus respectivos jogos. De fato, esforço, conquistas, talento, carisma e por aí vai, são vários os atributos que tais figuras carregam consigo. Portanto, no League of Legends brasileiro, temos algumas que, certamente, podemos incluir nessa lista. Hoje vamos falar da maior delas, BrTT. Esse é o tema da coluna Controlando o Jogo.

QUEM É BRTT?

Antes de mais nada, Felipe Gonçalves da Rocha, mais conhecido como BrTT, é um jogador profissional de League of Legends. Assim, há muitos anos vem sendo destaque no cenário por conta de suas jogadas icônicas, títulos, polêmicas e um carisma fora do comum.

Advertisement

De antemão, BrTT nasceu na cidade do Rio de Janeiro e passou a infância na Vila da Penha, onde, desde pequeno, já frequentava as lan houses locais e demonstrava ser um player diferente dos demais. Bem como as várias horas que passava jogando, o fizeram ser respeitado e admirado pelos outros jovens. Porém, não demorou muito para que ele começasse a competir profissionalmente.

Mas você se engana se pensa que BrTT começou sua carreira no League of Legends. Anteriormente, o talentoso Felipe começou disputando campeonatos de jogos como Counter-Strike (CS) e DotA até ser convidado por seu amigo Gabriel Souza, apelidado de MiT, a conhecer o LoL.

CARREIRA

Primeiramente, logo se apaixonou pelo game e começou a dedicar grande parte do seu tempo a ele. BrTT se tornou Atirador da paiN Gaming e em 2012 disputou a primeira edição do CBLOL, contudo, acabou caindo com seu time nas semifinais para a vTi Nox.

Assim, já em 2013, ainda na paiN Gaming, BrTT foi peça fundamental, guiando sua equipe ao tão sonhado título nacional. A partir daí, Felipe começava a ficar cada vez mais conhecido, gerando uma legião de fãs por todo o país.

Com o título, a paiN se classificou para a repescagem do campeonato mundial daquele ano, entretanto, acabou perdendo na decisão para a lituana GamingGear.eu.

Keyd Stars

Em 2014, ano em que o CBLOL começou a adotar duas etapas (splits) por ano, BrTT foi aquirido pela Keyd Stars e venceu o primeiro split. Porém, no segundo, que valia vaga à repescagem mundial, ele e seu time acabaram derrotados pela KaBuM! nas semifinais.

Chegamos a 2015, um ano de glórias para BrTT. De volta ao antigo lar, o craque novamente estava disputando um campeonato pela paiN. Depois de um primeiro split não muito convincente, a equipe encontrou o caminho das vitórias e passou por cima de todos no segundo.

Com o título, a PNG novamente se classificou para a repescagem e, de forma muito convincente, Felipe realizou seu sonho e levou sua equipe ao Worlds, fazendo a, considerada por muitos, melhor campanha brasileira em mundiais, vencendo fortes equipes do cenário.

RED Canids

Insatisfeito com os rumos que a organização estava tomando, BrTT decidiu trocar de time, foi para a RED Canids e conquistou o quarto título da carreira no primeiro split de 2017. Com isso, conseguiram a classificação para o Mid-Season Invitational (mundialito), disputado no Brasil, mas não tiveram o resultado esperado.

Flamengo

Com a entrada do Flamengo no cenário dos esportes eletrônicos em 2018, BrTT não pensou duas vezes e partiu para o seu time do coração, mesmo tendo que disputar o Circuito Desafiante (extinta 2ª divisão) no primeiro split. Mesmo não conquistando o título, o Atirador classificou o rubro-negro para o CBLOL.

Em 2019, ainda no Flamengo, BrTT foi pentacampeão no segundo split e novamente foi para o mundial, vale ressaltar que desde 2017, as repescagens foram extintas. Com muita confiança, o player dizia que o objetivo era conquistar o mundo, todavia, a equipe amargou uma eliminação logo na primeira fase, decepcionando os fãs e forçando sua saída.

Retorno à paiN Gaming

Felipe retornou para a paiN, onde está até hoje. No primeiro split de 2021, o jogador guiou sua equipe e conquistou seu sexto título de CBLOL. Com isso, obteve o direito de disputar o MSI na Islândia.

Em terras nórdicas, BrTT prometeu fazer história, o objetivo era o trono do MSI. No entanto, nem tudo são flores. Mesmo fazendo bons jogos, a paiN não saiu da primeira fase e amargou outra campanha longe da ideal.

FORA DOS GAMES

Antes de mais nada, a vida de BrTT fora do League of Legends acabou cada vez mais exposta com o passar dos anos. Decerto, demonstrou ser uma figura extremamente carismática, chegando a bater, atualmente, 690 mil seguidores no Instagram e tendo um canal bem engajado no YouTube.

Assim, alguns problemas familiares do atleta também se tornaram públicos, causando polêmicas e controvérsias. De fato, um episódio que vale a pena destacar, foi um pedido de casamento feito ao vivo na transmissão do Mundial de 2015.

BrTT também possui algumas tatuagens relacionadas ao jogo. As mais conhecidas são dos campeões Twitch (pescoço), Draven (braços) e Kayle (costas). A sigla RX (do bordão Rexpeita) nos dedos e os riscos no rosto que representam os títulos do CBLOL que conquistou.

Empreendedor

Mas BrTT não só foi um jogador de sucesso, como também é fundador e CEO da Rexpeita, uma marca de roupas e acessórios streetwear e da PlayerLink, uma plataforma de cursos e treinamentos sobre LoL.

Cheio de marra e personalidade, BrTT é considerado uma lenda! Mesmo já tendo dado várias glórias aos fãs, ele ainda busca o título mundial, algo, tido por muitos, um sonho distante, devido ao baixo nível técnico em competições internacionais do nosso país.

Por fim, chegando à tal objetivo ou não, BrTT estará marcado na história dos esportes eletrônicos. Um exemplo bem-sucedido de empresário e atleta, ostentando vários títulos, prêmios e se tornando o maior jogador da história do CBLOL.

Foto destaque: Divulgação/Riot Games Brasil

mm
Jornalista em formação pelo Centro Universitário de Belo Horizonte. Contar histórias através do esporte é o que me motiva.

1xBet


Related Post