A lendária passagem de Alfredo Di Stefano no Milionários

A lendária passagem de Alfredo Di Stéfano pelo Millonarios

Primeiramente, a lendária passagem de Alfredo Di Stéfano pelo Millonarios começa no final dos anos 40. Voltemos no tempo! A América do Sul, antes de mais nada, é um continente representado por três grandes potências: Argentina, Brasil e Uruguai. Uma vez que o futebol era tão falado quanto visto. As jogadas clássicas, os passes, os gols,
A vitoriosa trajetória de Victor Aristizábal no Brasil

A vitoriosa trajetória de Victor Aristizábal no Brasil

Victor Hugo Aristizábal Pousada foi, sem dúvida, um dos melhores atacantes colombianos no futebol mundial. Até hoje é lembrado pela sua carreira vitoriosa nos clubes em que jogou. Além disso, participou de uma das melhores gerações da seleção do seu país. Sua fama e habilidade no futebol superaram os limites territoriais da sua nação de
Borré foi ignorado por Simeone e acolhido por Gallardo

Borré foi ignorado por Simeone e acolhido por Gallardo

Rafael Santos Borré foi o principal nome do mercado da bola brasileiro no início do ano. O atacante, de 25 anos, foi peça chave no vitorioso River Plate, da Argentina. Em razão disso, passou a ser desejado por diversos times como Palmeiras, São Paulo e Grêmio. Apesar da pouca idade, o jogador já teve passagem

O lendário Ballet Azul Colombiano de Di Stefano

A coluna Colômbia Dourada dessa semana apresenta a história do Millonarios, de Bogotá, e de um dos ídolos do Ballet Azul. Eventualmente formada pelos lendários, Adolfo Pedernera, Alfredo Di Stéfano e Néstor Raúl Rossi, no início da década de 50. Juntamente com as mãos dessas estrelas, a equipe foi fabulosa. A história do time é repleta de grandezas,

Destaques da Liga Colombiana 2021 surgem como opção no mercado da bola

O primeiro jogo da final da Liga Colombiana entre Tolima x Millonarios está marcado para esta quinta-feira (17), às 22h (horário de Brasília), no estádio Manuel Murillo Toro. No entanto, o torneio que esteve cercado de altos e baixos e paradas forçadas, também teve seus destaques dentro de campo. Na próxima janela de transferência, alguns
(Reprodução/Revista El Dorado)

A polêmica passagem de Garrincha pelo Júnior Barranquilla

O Anjo de Pernas Tortas, como era conhecido Manoel Francisco dos Santos, vulgo Mané Garrincha, teve uma passagem curta e histórica pelo Júnior Barranquilla, da Colômbia, no ano de 1968. Contudo, a trajetória de Garrincha durou apenas um jogo e foi o suficiente para exaltar os ânimos dos torcedores colombianos. Esse é o tema da  Colômbia
Libertadores

Libertadores: Colômbia fracassa mais uma vez na fase de grupos e fica sem representante nas oitavas

“Não há outra palavra para descrever a apresentação dos clubes colombianos na Copa Libertadores e na Copa Sul-Americana: fracasso”, foi assim que a mídia colombiana descreveu a campanha das equipes nos torneios da Conmebol. Faltando poucos jogos para o fim da fase de grupos da Libertadores, a Colômbia fecha sem nenhum time nas oitavas. Mais