cbf

A princípio, na noite de segunda-feira (18), a CBF divulgou um comunicado deixando a vinda de torcidas visitantes em estádios. A saber, a nota atualiza o Protocolo de Recomendações para Retorno do Público aos Estádios, e a Diretriz Técnica Operacional. Logo, permite que os torcedores de equipes visitantes podem ir aos jogos.

Todavia, a CBF determinou que o percentual da carga de ingressos para a torcida, deve ser por conta dos governos estaduais. Ou seja, cada região controla a entrada do público aos estádios.

De certo, as principais exigências para o ingresso aos estádios estão mantidas. Por isso, seguem a necessidade do comprovante do ciclo completo de vacinação contra a Covid-19, ou do teste antígeno não reagente.

“Uma vez mais lembramos da necessidade do trabalho colaborativo entre clubes, administradores de estádios, entes públicos, federações e CBF, no que diz respeito à troca de informações e boas práticas para que este retorno de público seja positivo e definitivo – disse Manoel Flores, diretor de competições da CBF.”

CBF

Em síntese, o Conselho Técnico de clubes da Série A do Brasileirão definiu a volta do público em estádios na 23ª rodada. Logo, times brasileiros já se reencontraram com seu torcedores por algumas partidas, porém, agora na 27ª rodada no torneio.

Sobretudo, os clubes discutiram qual seria o percentual de abertura para os torcedores. Por sua vez, chegaram a conclusão que isto caberia às autoridades de cada estado definir. Por exemplo, se o Maracanã puder funcionar em 50% com 30 mil torcedores, outro jogo com menos de 10 mil pessoas, em outro estado.

No momento, Atlético Mineiro, Flamengo, Fortaleza Palmeiras estão disputando o G-4. Enquanto o Galo está a frente, o Tricolor de Aço segue colado no Mengão, por um ponto. Pelo outro lado, o Palestra está correndo para passar os dois. A saber, o Bragantino também está disposto a entrar no grupo.

Foto destaque: Divulgação/Planeta do Futebol

 

Guilherme Schanner

Bet 7


Related Post