Nesta quinta-feira (29), ocorreu as semifinais do individual masculino e feminino. Na categoria das mulheres, as chinesas doutrinaram. Sun Yingsha venceu a japonesa Mima Ito por 4 x 0. Chen Meng, pelo mesmo placar, superou a singapurense Yu Mengyu. O feminino já conhece sua campeã, Chen ganhou da sua compatriota por 4 x 2. Por outro lado, no masculino, os jogos foram muito mais equilibrados. Ambos foram complicados, mas os chineses venceram por 4 x 3. Assim, mais uma Olimpíada é dominada pela China.

CHINA DESFIA NO FEMININO

A 1ª semifinal era entre duas jovens que já são realidades no esporte. Yingsha e Ito, têm apenas 20 anos cada, mas já fazem parte do top-3 do Mundo. A japonesa é a 2ª do ranking e a chinesa a 3ª. Como resultado, era esperado um grande confronto, com muito equilíbrio. Entretanto, Mima “não viu a cor da bola”. Sun Yingsha foi soberana por todo confronto e aplicou um belo 4 x 0.

Advertisement

A outro semi não foi diferente. Meng era amplamente favorita. Primeiramente, a chinesa é a 1ª do Mundo. Segundamente, Yu Mengyu não está nem entre as 40 do ranking mundial. A experiente atleta de Singapura, de 31 anos, surpreendeu a todos nessas Olímpiadas, superando a japonesa Kasumi Ishikawa (Top-10). Todavia, não  aguentou Chen e foi eliminada.

Na disputa pelo bronze, Mima ito vingou a sua parceira de equipe e venceu Yu Mengyu por 4 x 1. Assim, a jovem de 20 anos conquistou sua 1ª medalha Olímpica. A final chinesa foi muito equilibrada, mas a experiência de Chen Meng fez a diferença. A craque de 27 anos superou Sun Yingsha por 4 x 1. Agora, as atletas iram se preparar para a competição de equipes.

QUASE DEU ZEBRA NO MASCULINO

Em uma fase que reúne os três jogadores top-6 e um atleta que venceu quatro medalhas nas duas Olimpíadas, é difícil de falar em zebra. Todavia, os chineses Ma Long e Fan Zhendong eram favoritos ao confronto. Entretanto, não tiveram vida fácil nos duelos.

O alemão chegou motivo ao embate, após eliminar Hugo Calderano, número 7 do Mundo, em uma grande virada. Todavia, teria pela frente o grande Ma Long, o atual campeão olímpico da categoria individual. Ovtcharov saiu perdendo por 2 sets a 0, no entanto empatou. Ele fez a mesma coisa que nas quartas de finais. Porém, perdeu o 5º set por 11 x 7. “Com a água no pescoço”, Dimitrij Ovtcharov foi com tudo e empatou o duelo novamente. O chinês vinha fazendo um grande jogo, mesmo com toda a dificuldade. Na hora decisivo, o jogo empatado em 9 x 9, Ma Long cresceu e fechou a partida com um 11 x 9.

A outra partida também não poupou emoção. Fan Zhendong, para muitos o favorito ao ouro, teve que jogar muito para eliminar Lin Yun-Ju. Diferente de Ma Long, o número 1 do Mundo saiu perdendo. Ao ser derrotado no 1º set, o craque veio com tudo e virou para 2 x 1. Aparentemente ele estava em seu momento de alta no embate, mas isso não abalou o atleta de Taiwan. O canhoto tratou de empatar o jogo, não só uma vez, como duas. Primeiramente quando estava perdendo por 2 x 1 e depois por 3 x 2. Todavia, no último game, o jovem de 24 anos se impôs e manteve o favoritismo, vencendo por 11 x 8.

China
Reprodução/ Getty Images

FINAL CHINESA

A final e a disputa do Bronze será decididas nesta sexta-feira (30). A espera é de dois grandes jogos. Dimitrij Ovtcharov vai em busca de sua 5ª medalha olímpica. Por outro lado, Lin Yun-Ju sonha com a primeira. O jovem de 19 anos é um dos grandes nomes do futuro do esporte. Portanto, será um belo duelo de se assistir.

Por fim, a grande final do masculino também acontece nesta sexta-feira (30). O jogo promete ser decidido nos pequenos detalhes e no último set. Ma Long o atual Campeão Olímpico e Fan Zhendong, o número 1 do Ranking Mundial. Ou seja, a partida tem tudo para ser de “tirar o folego”.

Foto Destaque:

mm
Escolhi jornalismo porque para mim é prazeroso informar as pessoas, e além disso, a paixão pelo futebol me encorajou a seguir essa carreira. Meu principalmente objetivo na profissão é trabalhar com esportes, principalmente o futebol.

Bet 7


Related Post