Pizarro

Claudio Pizarro, foi um dos maiores futebolistas peruano. Embora tenha feito muito se destacado em território alemão, Pizza, como era conhecido, fez sucesso em muitos times no futebol mundial. Atualmente, trabalha como embaixador do Bayern de Munique. Entretanto, foi no Werder Bremen que fez história. Além disso, também teve passagens por Colonia e Chelsea.

INÍCIO DA CARREIRA

No Peru, iniciou sua carreira no Desportivo Pesqueiro. Entretanto, foi no Alianza Lima onde fez seu nome. Enquanto treinava, foi observado por Jürgen Born, presidente do Bremen. Definitivamente, o dirigente ficou encantado com o talento do garoto, que, na época, estava com 20 anos. Em suma, a negociação da transferência de Pizarro para a Alemanha, aconteceu em uma mesa de bar.

Advertisement

WERDER BREMEN

O atacante fez sua estreia no Alviverde em 28 de agosto de 1999. Em resumo, sua carreira internacional inciou-se e terminou no Werder. A história de Pizarro com o clube foi vitoriosa. Primeiramente, se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 109 gols em 319 jogos, além de ser o segundo estrangeiro com mais jogos na Bundesliga, atrás apenas de, Robert Lewandowski.  Entre tantos recordes, conseguiu ser o único jogador a marcar, ao menos, um gol em 21 temporadas consecutivas.

Em sua última temporada, jogou 19 partidas e marcou 2 gols, ajudando o Bremen a se livrar do rebaixamento para 2.Bundesliga. Não apenas foi o jogador mais velho a marcar três gols em uma partida, com 37 anos e cinco meses, como também foi o jogador mais velho a marcar na liga, com 40 anos, sete meses e 16 dias. Logo após a disputa dos playoffs, Pizza anunciou sua aposentadoria dos gramados, no dia 7 de julho de 2020.

BAYERN DE MUNIQUE

Junto aos bávaros, Pizza disputou 327 jogos e marcou 87 gols. Esteve presente no elenco comandado por Pep Guardiola e chegou a confrontar o treinador. Alegando que nunca fora treinado por um técnico que fizesse tantas mudanças no decorrer de um jogo. Contudo, acostumou-se ao estilo de Guardiola, que sempre elogiou o jogo de Pizarro. Sem dúvidas, uma relação que agregou muito a equipe de Munique.

Logo após o término de uma partida dos Skyblues, o treinador disparou: “O futebol merece e precisa de pessoas como Claudio. Oxalá volte logo, quiçá como treinador”. Atualmente, Pizza carrega o título de embaixador do Bayern de Munique no mundo.

SELEÇÃO PERUANA

O currículo de Pizarro pela seleção nacional é vasto. Aliás, foram quatro convocações para a Copa América, mas esteve de fora do elenco que disputou a Copa do Mundo em 2018. Embora nunca tenha conquistado nenhum título, Claudio sagrou-se como um dos maiores da história peruana. Em contrapartida, em 2019, ficou de fora da lista de Gareca, que afirmou que o jogador havia se auto-excluído da seleção, o que gerou um atrito entre atleta e treinador.

Apesar de não ter conquistado nenhum troféu com a seleção, Pizarro conta com uma galeria recheada. Uma vez que conquistou cinco vezes o Campeonato Alemão, seis Copas da Alemanha, além de uma Champions League e um Mundial de Clubes.

Foto destaque: Reprodução/ Claudio Pizarro

Beatriz Barbosa
Eu escolhi o jornalismo aos sete anos, sempre me encantei com a área e vi nela a oportunidade perfeita de unir minhas duas maiores paixões: o esporte e a comunicação. Desde então, já me aventurei em alguns trabalhos, sendo mais duradouro deles o blog que criei no segundo semestre da faculdade e que sigo trabalhando nele, além de ser comentarista em uma rádio no youtube. O meu maior objetivo é poder contar as histórias que constroem o esporte, seja na redação, na beira do campo, quadra ou pista. Enfim, apenas uma sonhadora que corre atrás dos seus objetivos com muita determinação.

Related Post