Com três gols na final, Leylon comemora título da segunda divisão gaúcha e fala sobre a reviravolta em sua carreira

No último domingo (04), o Santa Cruz enfrentou o Gaúcho no segundo jogo
da final da segunda divisão do Campeonato Gaúcho. O volante Leylon
entrou no segundo tempo e em seis minutos marcou três gols, sendo um de
bicicleta. A partida terminou 4 x 2 (4 x 4 agg.) e nos pênaltis o Santa foi
campeão.

Nos últimos dois anos, o jogador conviveu com diversas lesões e logo
quando chegou ao Santa Cruz teve mais uma, mas se recuperou e se tornou
o 12º jogador da equipe, sempre entrando no início do segundo tempo e
sendo importante para a equipe.

Advertisement

“Foi muito complicado estar sempre se lesionando, principalmente por eu
ser um cara que sempre buscou cuidar da minha vida profissional, mas
sempre me mantive motivado e confiando em Deus. Tudo isso que ocorreu na
final é fruto de muito trabalho e da confiança do treinador William
Campos, que mesmo com todos os problemas, não deixou de acreditar em
mim.”

Assim, além de conquistar seu terceiro título, Leylon conseguiu seu quarto
acesso em estadual na carreira, o primeiro no Rio Grande do Sul, com os
outros três sendo no Ceará. Agora o jogador de 26 anos analisa propostas
para o restante da temporada e comemora o seu momento.

“Fico feliz de poder contribuir com isso tudo. Essa reviravolta no jogo
e na minha carreira serve de exemplo não só no futebol, mas também em
todas partes da nossa vida. Teremos momentos ruins, mas podemos superar
e temos que ser gratos em todos os momentos.”

Foto Destaque: Divulgação/Vinícius Molz Schubert/FC Santa Cruz

Redação FNV Sports

Cyber


Related Post