Tênis: Coric adia volta ao circuito devido a cirurgia no ombro, Federer motiva jovem tenista, e Wimbledon poderá ter mais que 25% do público (Foto: Corinne Dubreuil/FFT)

Igualmente à bolinha amarela, as notícias da semana do tênis continuam girando. Em outras palavras, Borna Coric adia seu retorno ao circuito por conta de cirurgia no ombro. Além disso, conversa de Roger Federer com jovem Dominic Stricker o motivou em Genebra. Por fim, torneio de Wimbledon poderá ter mais que 25% de público devido à flexibilização das restrições da Covid-19.

CORIC ADIA RETORNO AO CIRCUITO

Sem jogar desde o início de março, Borna Coric anunciou na última quarta-feira (19) que precisou realizar uma cirurgia no ombro direito. Ao passo que divulgou em suas redes sociais, o tenista declarou que tem lidado com dores no ombro há algum tempo. Bem como decidiu optar pelo procedimento cirúrgico após consultar alguns médicos. O croata tem nove jogos na temporada, acumulando seis vitórias e três derrotas até aqui.

Advertisement

FEDERER MOTIVA JOVEM TENISTA

A princípio, Roger Federer não conseguiu o melhor resultado em sua volta às quadras, mas conseguiu inspirar uma grande promessa de seu país. De acordo com Sven Swinnen, técnico de Dominik Stricker, a lenda deu conselhos ao jovem jogador, dizendo que não há atalhos e que se deve ter paixão, força de vontade e desejo de melhorar para atingir seus objetivos.

WIMBLEDON PODERÁ TER MAIS QUE 25% DO PÚBLICO

Com a flexibilização das restrições da Covid-19 na Grã-Bretanha, os organizadores de Wimbledon acreditam que o torneio possa receber mais que 25% do público. Nesse sentido, seriam 10.500 pessoas por dia, e em comunicado, o All England Club diz estar confiante da capacidade de aumento de torcedores, já que houveram indicações positivas do Programa de Pesquisa de Eventos.

“A MAIORIA DOS JOGADORES NÃO GOSTA DE TÊNIS”, DIZ ZVEREV

Melhor alemão no ranking mundial, Alexander Zverev não poupou as palavras em declaração ao podcast alemão Sportschau Olympia. Primeiramente, o tenista afirmou que a maioria dos jogadores não gosta de tênis, e que enxergam apenas como forma de ganhar dinheiro. Além disso, garantiu ser um dos poucos que realmente ama o esporte, desejando mais a glória esportiva que a econômica.

“90% dos jogadores sempre dizem a mesma coisa em uma entrevista coletiva, nunca transmitem o que realmente pensam. Prefiro ser criticado por ser honesto comigo mesmo do que me esconder atrás de frases banais e hipócritas”, complementou Zverev.

https://twitter.com/TimBoeseler/status/1395271785021591552

Foto Destaque: Reprodução/Corinne Dubreuil/FFT

Márcio Moreno

1xBet


Related Post