Corinthians

Na última quarta-feira (8), o Corinthians enfrentou o São Paulo em partida válida pela final do Paulistão 2021. O jogo aconteceu às 21h (horário de Brasília) na Neo Química Arena, em Itaquera. Batendo o record de público pelo futebol feminino com 3o mil pessoas, o Timão venceu o Tricolor, por 3 x 1, e sagrou-se tricampeão.

1º TEMPO

Antes de tudo, a primeira etapa começou com o domínio corintiano. Apesar do jogo de ida ter sido com a vitória do São Paulo, desta vez as Alvinegras tomaram conta do jogo. Logo, aos 6′ a primeira chance do Timão aconteceu. Com o cabeceio da zagueira Giovana Campiolo após cobrança de escanteio pelo lado esquerdo, mas a goleira são-paulina Carla fez a defesa com facilidade. Em seguida, a centroavante, Glaucia, tentou um chute de cobertura, mas bateu na trave.

Advertisement

O clima nos minutos iniciais era bastante tenso entre as partes, inclusive Maressa, do Tricolor, e Vic Albuquerque, do Timão, chegaram a se estranhar. Sem se deixar abater, a equipe corintiana continuou firme. Logo depois, em uma jogada de linha de fundo, que começou pelo lado esquerdo do ataque corintiano. A bola afastada sobrou para a Gabi Zanotti, que recebeu e lançou no ângulo esquerdo de Carla abrindo o placar da decisão do Paulista Feminino. Em seguida,  aos 9′ após abrir o placar, o Corinthians ampliou novamente com a camisa 10.

Em síntese, a jogada começou com a pressão corintiana para tomar a bola de Gláucia, no campo de defesa, e seguiu com a transição rápida. Vic Albuquerque recebeu no meio e encontrou Tamires pelo lado esquerdo, que cruzou para a Zanotti fazer o seu segundo gol no jogo. No fim, a meia Naná do Tricolor aproveitou um passe errado do Timão e descontou. O primeiro tempo encerrou com o placar de 2 x 1.

2º TEMPO

Em contrapartida, as meninas do São Paulo voltaram um pouco mais centradas para o 2º tempo. Logo, elas passaram a controlar as ações corintianas. Sobretudo, aos 45′ da etapa final Adriana garantiu o título para o Corinthians. A própria atacante iniciou a jogada com uma arrancada no meio-campo, serviu Poliana pelo lado direito, que cruzou por baixo, para Vic. Em seguida, com a bola nos pés Adriana mandou pro fundo da rede, garantindo a tríplice coroa.

CORINTHIANS X SÃO PAULO – E AGORA?

Como resultado, a equipe das meninas do Corinthians sagraram-se tricampeãs do Paulistão Feminino. Além disso, o Timão levou os títulos desse ano do Campeonato Brasileiro, Paulista e da Libertadores. A partida teve o recorde de público na história de um jogo de futebol feminino no Brasil, com 30.077 pessoas presentes no estádio corintiano.

MELHORES MOMENTOS

Foto Destaque: Reprodução/TwitterRodrigogazzanel

Gabrielle Sena
Escolhi o jornalismo por que eu sempre tive paixão pelas palavras. Desde muito nova eu escrevia sobre tudo e de alguma forma eu sentia que era ouvida. Sou Gabrielle Sena, tenho 22 anos, moro na capital de São Paulo, jornalista e atualmente faço pós-graduação em Jornalismo Esportivo. Eu sempre quis ser escritora, entrei no jornalismo para poder aperfeiçoar minha paixão. Durante a faculdade escrevi um livro reportagem sobre Mães Narcisistas, entrevistei 20 mulheres de todos os lugares do país e contei as suas histórias. Escrever um livro foi a minha maior conquista.
O Esporte me faz sair da minha zona de conforto. Sou muito persistente com o que eu quero e me esforço 100%. Meu objetivo é crescer como jornalista e continuar me desafiando todos os dias.

Related Post