Cristiano Ronaldo

Neste sábado (5), Cristiano Ronaldo completa 37 anos de idade. Dessa forma, o jogador vive uma carreira de títulos, gols, vitórias e recordes. Sendo assim, tudo que CR7 conquistou veio muito de sua persistência e vontade de querer vencer. Portanto, preparamos uma homenagem à um dos melhores jogadores da história do futebol.

A história de Cristiano Ronaldo

A paixão pelo futebol e o seu primeiro contrato

Advertisement
Foto: Reprodução/Instagram

Cristiano Ronaldo veio de uma família humilde e pobre que lutavam muito para colocar comida na mesa. Dessa forma, aos seus sete anos, o jovem começou a jogar bola nas ruas da Madeira com amigos onde nunca tinha pensado em ser profissional, apenas jogava por diversão.

Desse modo, seu pai era roupeiro do Andorinha, clube da Madeira. Sendo assim, ele sempre tentava convencer o filho de ir jogar nas categorias de base da equipe. Portanto, aos oito anos de idade, Cristiano Ronaldo entrou para as categorias de base do clube.

Assim, Cristiano Ronaldo já despertava o interesse de muitos clubes pelo seu enorme talento mesmo muito novo. Portanto, aos 10 anos, o jovem recebeu uma proposta do Marítimo e uma do Nacional que ofereceram 270 euros para contratar o jogador. Sendo assim, Cristiano aceitou a proposta do Nacional e começou a dar os seus primeiros passos na equipe.

O feito mais difícil da infância e a luta contra o bullying

Foto: Reprodução/Sporting

Dessa forma, querendo melhorar a vida de sua família e sair da pobreza, Cristiano Ronaldo fez as suas malas e se mudou sozinho para Lisboa, para jogar no Sporting. Sendo assim, no começo ele teve muito problema de adaptação pois ele chorava todos os dias com saudades da família e também por que ele sofria muito bullying pelo seu sotaque da Ilha da Madeira ser totalmente diferente.

O dia em que ele tacou uma cadeira na professora

Foto: Reprodução/Life Bogger

Durante o período escolar, Cristiano também teve muitos problemas pelas suas notas serem muito baixas e por faltar muitas aulas para ir jogar futebol.

Assim, em uma certa ocasião, Cristiano Ronaldo chegou a arremessar uma cadeira em sua professora por ela ter dito a ele que o futebol não o daria o que comer. Sendo assim, o jovem acabou sendo expulso da escola.

Depois disso, Cristiano prometeu e disse a si mesmo que iria mostrar pra essa professora e pra todos que zombavam e criticavam ele, que os mesmos estavam totalmente errados. Assim, decidiu abandonar a escola e focar apenas no futebol.

A persistência pelo sonho

Mãe de Cristiano Ronaldo revela sonho: 'Quero te ver no Sporting antes de morrer'

Foto: Reprodução/Sporting

Depois de decidir focar apenas no futebol, Cristiano Ronaldo começou a treinar intensamente na academia do clube, isso por que apesar de toda a sua habilidade com a bola nos pés, o atacante era muito magrinho e isso acabou pesando muito na carreira do jogador.

Sendo assim, aos 14 anos, Cristiano começou a ir para a academia do clube todas as noites e todas as manhãs. Ademais, o jogador seguiu firme e fez isso todos os dias dentro dos alojamentos da equipe.

Problema cardíaco de Cristiano Ronaldo

Foto: Reprodução/Life Bogger

Ter velocidade excessiva quando criança deu ao corpo estressado uma forte resposta emocional, inclusive ansiedade. Assim, isso fez com que Cristiano Ronaldo tivesse uma doença cardíaca acelerada. Essa complicação cardíaca quase fez com que ele desistisse e parasse com o futebol.

Ainda mais, em resposta à insuficiência cardíaca, a equipe médica do Sporting CP pediu a aprovação dos pais de Cristiano Ronaldo para ser operado. Dessa forma, para a alegria de seus familiares, um laser foi usado para melhorar suas vias cardíacas. Isso fez com que a circulação sanguínea em seu coração se tornasse normal. Felizmente, o futebol continuou depois que os médicos o retiraram do hospital.

O caminho para a fama

Foto: Reprodução/Sporting

Aos seus 16 anos, Cristiano Ronaldo continuou sendo ambicioso, durante os treinamentos ele sempre era muito focado, ambicioso e intenso. Entretanto, o técnico do Sporting, Lásló Bölöni, nunca lhe ofereceu uma oportunidade durante a pré-temporada. No entanto, isso só foi acontecer depois dele ter ficado muito impressionado com seu drible.

Em 2003, no dia 12 de agosto, Cristiano teve a chance da sua vida que era jogar contra o Manchester United de Alex Fergusson. Assim, após a partida, os jogadores dos Red Devils, especialmente Patrick Evra Rio Ferdinand insistiram para Alex Fergusson fazer o clube a assinar com o jogador.

Dessa forma, o técnico do Manchester ficou muito impressionado com o grande talento de Ronaldo no drible e em seus chutes poderosos. Portanto, esse foi o ponto de partida que mudou a sua vida e o seu destino.

No SportingCristiano Ronaldo marcou cinco gols em 31 jogos oficiais disputados.

O inicio do auge

Efeito Cristiano Ronaldo: site do Manchester United sai do ar após anúncio do retorno do português | LANCE!

Foto: Reprodução/Instagram

Após surpreender a todos da equipe inglesa, o Manchester United anunciou a contratação do jovem Cristiano Ronaldo por 12.24 milhões de libras, que na época fez com que o craque português fosse a maior contratação da história dos Red Devils.

Ao ingressar na equipe, o jogador pediu a camisa 28, semelhante a que ele vestiu no Sporting. Felizmente, Cristiano recebeu a camisa 7 que se tornou motivação extra para os portugueses.

Nos primeiros anos, Cristiano ainda não tinha conseguido se tornar destaque da equipe,  o atacante melhorou o seu desempenho durante os anos seguintes ganhando mais experiência e mais tempo de jogo.

Assim, seus bons momentos no clube começaram na temporada 2006/07, onde Cr7 ganhou a Premier League e começou a estabelecer-se como um dos principais jogadores do Manchester United. O jogador obteve números melhores e conseguiu ajudar a sua equipe.

Foi apenas em suas últimas temporadas dentro do clube que Cristiano Ronaldo viveu os seus melhores momentos. Assim, na temporada 2007/08, o jogador chegou a 42 gols em 49 jogos, e conquistou mais uma Premier League além de ter conquistado o tão sonhado título da Uefa Champions League em cima do Chlesea nos pênaltis.

Dessa forma, em 2008, Cristiano Ronaldo, que já havia sido eleito o segundo melhor jogador do mundo no ano anterior, disputou mais uma vez o prêmio Bola de Ouro, desta vez contra Lionel Messi e Fernando Torres. Assim, após o título da Champions, o português foi eleito pela primeira vez o melhor da temporada.

A temporada 2008/09 terminou como a última de Cristiano Ronaldo dentro do clube. Em suma, foi mais uma temporada grandiosa pra o jogador, além de ter ganho mais uma Premier League o atacante chegou em mais uma final de Liga dos Campeões.

O auge dentro do Real Madrid

Fotos: Nove anos de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, em imagens | | EL PAÍS

Foto: Reprodução/Uli Martín

Em 2008, depois de muitas especulações, Cristiano Ronaldo foi para o Real Madrid sendo considerada na época a maior contratação da história do futebol. Assim, o atacante foi contratado pelo valor de 87 milhões de libras pela equipe merengue, com uma cláusula de rescisão de um bilhão de euros.

Desse modo, na sua primeira temporada, Cristiano teve até que bons números para um jogador que foi contratado na metade da temporada. Dessa forma, o atacante marcou 13 gols nesse período de seis meses.

Entretanto, foram nas temporadas seguintes que o jogador começou a se tornar protagonista. A partir da temporada 2009, Cristiano Ronaldo manteve uma média de 40 gols por temporada dentro do Real Madrid.

De antemão, na temporada 2013/14, o atacante ajudou o Real Madrid na conquista da “la décima” em cima de um dos seus maiores rivais Atlético de Madrid em uma virada histórica. Portanto, Cristiano Ronaldo se tornou o maior artilheiro da história da Champions em uma edição com 17 gols na competição.

Além disso, o atacante voltou a ganhar a competição nos anos de 2016-2017-2018 sendo o artilheiro em cinco edições consecutivas e o principal jogador dos merengues. Logo, Cristiano Ronaldo se tornou o maior ídolo da história do Real Madrid.

Dentro do Real Madrid, Cristiano Ronaldo também ganhou mais quatro bolas de ouro empatando de vez o número e a disputa com Lionel Messi.

Ainda mais, oito anos depois de ser anunciado pelo Real Madrid, Cristiano Ronaldo anunciou sua saída da equipe merengue após um desentendimento com o presidente Florentino Perez. Nos merenguesCr7 jogou 438 partidas e marcou 450 gols, se tornando o maior artilheiro da história da equipe e da Champions League.

Chegada em Turim

Cristiano Ronaldo se

Foto: Divulgação/Juventus

De antemão, no dia 10 de julho de 2018, a Juventus anunciou a contratação de Cristiano Ronaldo pelo valor de 117 milhões de euros, uma das maiores contratações da história do futebol.

Dessa forma, naquela época ele conquistou o título da Serie A mantendo uma marca significativa de oito títulos seguidos. Mas na Champions League, o time italiano caiu para o Ajax nas quartas de final. Vale lembrar que nas oitavas Cristiano marcou um hat-trick contra o Atlético de Madrid, que teria vencido o primeiro jogo por 2 a 0, o que acabou classificando à Juve para outra fase.

Entretanto, nas próximas duas temporadas, a Juventus veio a cair nas oitavas de finais da Champions. No entanto, individualmente, Cristiano Ronaldo foi um jogador fundamental para a velha senhora. 

Dessa forma, ele ainda ganhou mais uma Serie A, duas Supercopas Italianas e uma Copa da Itália. Assim, em três anos na JuventusCristiano Ronaldo atuou em 134 jogos, marcando 101 gols e distribuindo 22 assistências.

De volta pra Manchester

Manchester United conclui contratação de Cristiano Ronaldo | Agência Brasil

Foto: Reprodução/Manchester United

Dessa forma, após 18 anos, o Manchester United anunciava a volta de Cristiano Ronaldo ao clube por 15 milhões de euros. Assim, já em sua estreia contra o Newcastle o atacante marcou dois gols na vitória de 4×1 dos Red Devils.

Portanto, na Premier League e na Champions da temporada atual, o atacante tem ao todo 23 jogos, onde ele marcou 14 gols e distribuiu três assistências. No momento, a temporada está sendo desastrosa para o Manchester United que só tem como briga por título a Uefa Champions League.

Portugal

Cristiano Ronaldo vê Euro 2016 com Portugal como título ‘mais importante’ na carreira

Foto: Divulgação/Portugal

Pela seleção portuguesa, Cristiano Ronaldo jogou ao todo três copas do mundo, sendo que nas suas 15 partidas disputadas, ele marcou seis gols e venceu cinco partidas.

Dessa forma, seu maior feito com Portugal foi o título da Eurocopa de 2016 contra a França pelo placar de 1×0. Assim, na Eurocopa, Cristiano disputou sete jogos (jogou apenas metade do 1° tempo na final contra a França) , e marcou três gols.

Portanto, no ano de 2021, Cristiano Ronaldo se tornou o maior artilheiro da história por seleções marcando dois gols em uma virada histórica contra a Irlanda. Dessa forma, Cristiano Ronaldo é considerado o melhor e maior jogador da história do seu país e um dos melhores da história do futebol.

Títulos de Cristiano Ronaldo

  • Liga dos Campeões – 5
  • Mundial de Clubes – 4
  • Primeira Liga  – 3
  • LaLiga – 2
  • Série A – 2
  • Copa do Rei – 2
  • Supercopa da Espanha – 2
  • Supercopa da Uefa – 2
  • Copa da Liga Inglesa – 2
  • Supercopa da Itália – 2
  • Supercopa da Inglaterra – 1
  • Copa da Inglaterra – 1
  • Supercopa de Portugal – 1
  • Copa da Itália – 1

Principais recordes de Cristiano Ronaldo

  • Jogador com mais gols da história do Mundial de Clubes7 gols
  • Jogador com maior sequência de jogos seguidos na Champions marcando gols: 11 jogos
  • Maior artilheiro numa única edição de Champions17 gols (2013/14)
  • Jogador com mais partidas na Champions178
  • Maior artilheiro da história do Real Madrid450 gols
  • Jogador com mais gols em fases mata-mata da Liga dos Campeões67
  • Maior marcador da história da Liga dos Campeões136 gols
  • Jogador que mais vezes vestiu a camisa da Seleção de Portugal181 partidas
  • Único jogador a marcar em três finais diferentes de Champions
  • Jogador com mais gols por uma seleção nacional: 112 gols
  • Jogador europeu com mais convocações: 181

Sobre Cristiano Ronaldo

Desde o Sporting ele sempre buscou se tornar um dos maiores da história. No United tornou-se o melhor do mundo e foi protagonista da equipe. Além disso, ganhou tudo e está entre os melhores jogadores da história do Manchester e da Premier League.

Foi pro Real Madrid sendo uma das maiores contratações da história do clube, e dentro do meu Realzão foi o melhor jogador que já vi jogar. Com uma grande vontade de futebol, de marcar gols, de fazer história, de ser líder dentro e fora de campo, saiu do clube como o melhor jogador da história da equipe e com quatro Champions no currículo.

Na seleção de Portugal fez história ao se tornar o maior artilheiro por seleções. Desse modo, foi campeão da Eurocopa sendo protagonista da equipe contra a poderosa França com uma seleção desacreditada mas que dentro de campo mostrava ter muita qualidade. Assim, ganhou a Nations League mais uma vez sendo protagonista contra a poderosa Holanda.

Na Juventus fez mais de 100 gols pelo clube. Mesmo não ganhando a liga dos campeões ele sempre mostrou liderança dentro da equipe e nunca desistiu.

Assim, ele volta para Manchester marcando dois gols na estreia, vem buscando mais uma vez fazer história e continua sendo protagonista da equipe. Com 37 anos, Cristiano ainda se mantém em forma com um a vontade de vencer e fazer mais história. Ronaldo é uma prova de que você pode ser o que você quiser e que você pode chegar a qualquer lugar, você apenas tem que querer, e com tudo isso, hoje ele é um dos maiores jogadores da história do futebol.

Minha opinião e homenagem sobre Cristiano Ronaldo

Se eu falasse aqui tudo o que eu penso sobre o Cristiano Ronaldo não caberia em um livro. Assim, ele foi o melhor jogador que eu já vi jogar na minha vida, todas as vezes em que eu me emocionei e me arrepiei com o futebol era por causa dele. Portanto, virei torcedor do Real Madrid justamente por causa dele, por sua vontade de querer vencer e por sempre ser protagonista.

Assim, hoje ele completa 37 anos de idade, ou seja, quer dizer que estamos perto do fim, perto de ver ele se aposentar e não vermos mais ele em campo. Dessa forma, aproveitem em quanto dá tempo, por que depois sentiremos falta mas poderemos falar que tivemos o privilégio de ver o Cristiano Ronaldo jogar, e ele é uma inspiração para todos. Somente temos é que agradecer a Deus por estarmos tendo o privilégio de ver ele em campo. Nunca será só futebol. Parabéns Cris, você é o melhor.

Foto Destaque: Reprodução/Getty Images

Matheus Alves
Sou de São Paulo e escolhi o jornalismo pois sou apaixonado por futebol e meu sonho é trabalhar com esse esporte, quero ser apresentador ou repórter cobrindo os melhores times e campeonatos do mundo, tenho como inspiração o Craque Neto do programa Os Donos da Bola e da Rádio Bandeirantes.

Related Post