É preciso extinguir as Organizadas/Divulgação/papodehomem.com.br

Primeiramente, é possível  dizer: Urgente extinguir as torcidas organizadas.

Basta ver que depois de dois ou três jogos, a partir da liberação do retorno do público, para que voltassem a aprontar.

Advertisement

Dessa forma, tivemos o episódio recente ocorrido na Arena do Grêmio, por exemplo. Uma invasão despropositada, promovida por vândalos. É certo que trinta ou quarenta indivíduos não representam a imensa nação Tricolor. Contudo, ditos “torcedores” estavam lá. Sempre os mesmos. Alguém permitiu o acesso ao estádio. Quem? Como tiveram tanta facilidade para ingressar no gramado? Onde foi a falha?

Muitas perguntas e responsabilizações pendentes.

Contexto Conturbado

Neste sentido, existe omissão dos dirigentes dos clubes. No entanto, qual a razão para que os gestores não proíbam as organizadas? Algum temor? Medo de perder apoio político? O fato é que, até agora, pouca coisa foi feita para impedir a bagunça.

Infelizmente, os bandidos estão em meio a cidadãos de bem. E os maus se sobressaem e causam danos. Por isso, não há como defender a manutenção destes grupos. Imperioso extirpar tão grave problema.

Cada vez menos pais e mães levam seus filhos às partidas, tudo em decorrência de episódios de selvageria. Esta ausência gradativa, por certo, vai gerar o desinteresse pelo esporte bretão. As famílias estão se distanciando dos estádios. Muito ruim!

Ademais, cumpre ressaltar que o futebol é pilar da sociedade. Está enraizado na nossa cultura e é uma fonte positiva de entretenimento.

Visto que se trata de um espaço democrático e de demonstração de urbanidade,  o ambiente esportivo serve para promover alegria, igualdade e convívio saudável. Entretanto, ao contrário, vem sendo sufocado por um bando que causa unicamente  aflição e insegurança.

Punição aos infratores

Assim, as  autoridades precisam deixar as desculpas e a inércia de lado. Hoje, é muito fácil identificar e punir quem faz arruaça. A legislação que regula a matéria é uma aliada e necessita ser aplicada com rigor.

Finalizando os breves comentários, registramos que o presente texto busca apoiar a reflexão sobre este tema tão relevante.

Realmente, é um clamor pela modificação deste cenário nefasto. Que sirva, além disso, como ferramenta e combustível para aqueles que detêm o poder atuarem de maneira veemente, trazendo, de volta, a paz para os verdadeiros apaixonados pelo futebol.

Em conclusão, o início se dará mediante a extinção das torcidas organizadas.

Foto Destaque: Divulgação/papodehomem.com.br

Fernando SantAnna

Bet 7


Related Post