Nas primeiras horas deste domingo (14), Juan Estrada e Román González protagonizaram uma luta que ficará na memória de cada fã do boxe. No ringue do American Airlines Center, o vencedor saiu apenas ao fim do 12º assalto. Dessa forma, em decisão dividida dos juízes, Juan “El Gallo” Estrada foi coroado duplo campeão do Super-Mosca WBA/WBC (52kg).

INTENSO COMBATE

Antes de tudo, o confronto entre Gallo Estrada x Chocolatito González foi um espetáculo para todos aqueles que gostam da Nobre Arte. De fato, vimos muita técnica, intensidade, condição física, belos golpes e dois lutadores que se entregaram ao máximo. Aliás, para muitos essa luta foi uma das melhores que já viram na vida.

Advertisement

Dessa forma, ela se torna um absoluto desafio também para quem ousa fazer uma crônica sobre ela.  Geralmente, uma luta de boxe nos permite quase sempre construir uma narrativa, que tenha suas idas e vindas, suas alternâncias, ou até mesmo uma linha reta em que um lutador seja dominante o tempo todo. Contudo, Gallo x Chocolatito promoveram algo além disso. Basicamente os dois boxeadores se alternavam dentro do próprio round. Não raro, era ver um deles começar melhor num assalto e, ao fim , duvidar se o oponente não virou.

Por certo, foi uma luta eletrizante. Foi de uma igualdade tão grande que é justo o resultado ir para um ou outro lado. Por exemplo, dos três árbitros, um deu a luta para González por 115-113. Enquanto os outros dois deram Estrada por 115-113 e 117-111 (essa última um tanto quanto fora da realidade). Além disso, nossa contagem aqui da Rádio Poliesportiva foi de empate 114 – 114.

NÚMEROS INACREDITÁVEIS

Desse modo, os números são capazes de nos apresentar o quão grande esta luta foi. Ao todo, foram 2,519 golpes lançados. Desses, 705 foram acertados. Contudo, o lutador que mais acertou golpes, não venceu. Isso, de fato, é raro. Talvez os juízes tenham julgado que os golpes que Chocolatito deu não tenham sido tão efetivos, tão fortes.

PRÓXIMOS PASSOS

Dessa forma, agora temos uma luta para cada. Chocolatito González venceu em 2012 e agora Gallo Estrada triunfou em 2021. Já há uma boa expectativa que se tenha um #EstradaChocolatito3. Senão, um terceiro nome aparece na conversa: é do tailandês Sor Rungvisai, que já lutou outras duas vezes com ambos lutadores. No momento, nem Chocolatito nem Rungvisai estão com cinturões em mãos, porém, são atletas que se mostram que merecedores de estar, pelo menos, disputando o cinturão.

Foto destaque: Divulgação/DAZN Boxing 

mm
Historiador pela UFPE e graduando em Jornalismo pela UniNassau.

1xBet


Related Post