Aconteceu, nesta sexta-feira (30), a semi-final do Rugby Sevens entre Nova Zelândia e Fiji. Sendo assim, o vencedor da partida avança para a final e irá disputar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Por fim, as atuais vice-campeãs olímpicas, mostraram que vieram reivindicar o título e venceram a partida, o placar final foi  Nova Zelândia 22 x 17 Fiji.

1° TEMPO

Logo na saída de bola, a partida ja se desenrolava em alta intensidade, de um lado, as vice-campeãs olímpicas em busca da redenção do 2° lugar no Jogos Olímpicos do Rio 2016. Do outro, uma seleção que buscava sua primeira final olímpica, para um país que respira Rugby. Mas foi a Nova Zelândia que abriu o placar aos 1:34 e o drop kick não convertido colocou a vantagem de 5 x 0.

Mesmo assim, a partida seguiu intensa e Fiji respondeu prontamente com try e conversão, colocando sua equipe na frente do placar com Nova Zelândia 5 x 7 Fiji. Assim, que ambas as equipes foram ao vestiário.

2° Tempo

O apito do árbitro marcou o início do 2° tempo, e Fiji ampliou sua vantagem com try, dessa vez, o chute não foi convertido. O placar parcial era Nova Zelândia 5 x 12 Fiji. Ambas as equipes estavam dando 100% na partida, em um jogo complexo defensivamente para os dois lados. Dessa forma, a Nova Zelândia apresentou um esquema tático sólido e tradicional mas as adversárias propuseram um jogo rápido, forte e criativo.

Agora, quem respondeu melhor foi a seleção neozelandesa, que pontuou um try aos 2:48, e com a conversão, a diferença no placar caiu para Nova Zelândia 10 x 12 Fiji. Era um jogo pareado, não tem nada definido por aqui, e todas em campo sabiam disso.  Faltando apenas 30s para o término da partida, a Nova Zelândia pontuou novamente, retomando a vantagem no placar, Nova Zelândia 17 x 12 Fiji. 

Entretanto, Fiji é um time determinado e não abidicou do sonho olímpico facilmente, e aos 1:17 do tempo adicional, Reapi ULUNISAU furou a defesa adversária e marcou para Fiji.  Ao apito final, estava tudo igual em  Nova Zelândia 17 x 17 Fiji.

Golden Score

E como prevê o regulamento, o empate no tempo regular é decidido no Golden Score, ou seja, a primeira equipe a pontuar vence a partida. É tudo ou nada! Sendo assim, foram os minutos mais longos e mais intensos até aqui, contudo, a experiência do time da Nova Zelândia falou mais alto. Aos 1:58, Gayle BROUGHTON pontuou, encerrando a partida em Nova Zelândia 22 x 17 Fiji, e garantindo a vaga na final. 

Melhores momentos – Nova Zelândia x Fiji

Em breve.

Foto Destaque: Reprodução/ Twitter.

Mari Cosmo on EmailMari Cosmo on InstagramMari Cosmo on Linkedin
Mari Cosmo
Sou uma atleta e amante dos esportes de 23 anos. Minha paixão começou quando eu tinha 9 anos e conheci algo que mudaria minha vida completamente: O Polo Aquático. Desde então, me tornei um atleta profissional e vivi através do esporte experiências e momentos incríveis! Hoje, amo acompanhar, prestigiar, comentar e refletir os mais variados esportes! E ai, bora jogar?

Bet 7


Related Post