Logo após a demissão de Tiago Nunes, o nome mais forte a aparecer como o novo comandante do Grêmio é o de Felipão. Antes de mais nada, é necessário ressaltar a identificação de Luiz Felipe Scolari com o Tricolor Gaúcho, com isso, facilita ainda mais a chegada dele. Para o clube, ter um treinador que entende o significado e a história de onde está, acaba sendo algo fundamental para a contratação.

Desde janeiro, Felipão está desempregado, após comandar o Cruzeiro na Série B e ser demitido por não conseguir levar os mineiros de volta para a elite do futebol . Entretanto, seus dois trabalhos anteriores foram bem sucedidos, contemplados com títulos importantes, assim como em toda sua carreira. Acompanhe os últimos três trabalhos do possível novo técnico do Grêmio.

Advertisement

Felipão no Guangzhou Evergrande

Em maio de 2015, Felipão assumiu o comando técnico do Guangzhou Evergrande, com um contrato de dois anos e meio. É correto afirmar que esse foi um casamento que mais do que certo. Após três temporadas, o time se tornou uma das potências e referência do futebol asiático. Nesse sentido, o técnico teve um aproveitamento de 70% na China, com um total  de 113 jogos, 70 vitórias, 28 empates e apenas 15 derrotas.

Logo que chegou, trouxe dois reforços brasileiros, que mais tarde viriam se tornar ídolos e marcar seus nomes no clube. Paulinho e Ricardo Goulart lideraram as vitórias e conquistas da equipe chinesa e junto com o técnico, o trio brasileiro passou a ser um dos símbolos dessa fase vitoriosa. Como resultado, vieram a conquista de três Campeonatos Chineses, uma Liga do Campeões da AFC, uma Copa da China e duas Supercopas da China.

Logo após, em novembro de 2017, a passagem do técnico brasileiro chegou ao fim. Com isso, deixou seu legado e seu nome marcado para sempre na história do time chinês. Chegou a ser tão importante para o clube que, em sua despedida, os torcedores do Guangzhou lotaram o aeroporto para dar adeus ao “general”.

Terceira passagem pelo Palmeiras

Campeão da Libertadores, em 1999, pelo Verdão, Luiz Felipe Scolari retorna ao clube para substituir Roger Machado. Assim como em suas outras passagens, o treinador também foi campeão de um título expressivo, deixando claro o motivo de ser um dos principais nomes da história do Alviverde Paulista.

No início de 2018, o Palmeiras foi vice-campeão estadual e parecia já não ter forças para o restante da temporada. Por isso, a direção resolveu apostar mais uma vez naquele que poderia trazer tranquilidade e retomar a confiança dos jogadores e da torcida. Com a estratégia, bem sucedida, de dividir o elenco em dois, um para as copas e outro para o campeonato de pontos corridos, foi se aproximando de mais um título. Após eliminação nas semifinais da Copa do Brasil e Libertadores, o foco passou a ser o Brasileirão. Com isso, o sucesso veio e o Verdão conquistou o deca.

Felipão assume o Cruzeiro

Em 2020, na pior fase da história do Cruzeiro , Felipão resolveu assumir esse desafio e ajudar na segunda divisão do Campeonato Brasileiro. Na época em que assumiu, o Cabuloso estava em penúltimo lugar e brigava para não cair. A principal ideia da diretoria era contratar o experiente trinador, e assim, ele ajudaria a livrar o time do rebaixamento e no ano seguinte subir para a série A. Embora, ter conseguido o sucesso no primeiro passo, no ano seguinte o técnico abandonou o projeto dando tal justificativa:

“A ideia era permanecer na Série B e neste ano subir para a Série A. A ideia era montar uma equipe diferente. Mas aí nós tivemos uma dificuldade na montagem da equipe, nós conseguimos manter o Cruzeiro na Série B, era o primeiro passo. Então, entendi que era o momento de sair”

Por fim, o material humano oferecido pelo Grêmio é consideravelmente superior ao do Cruzeiro. Diante disso, a possibilidade de Felipão dar certo é muito grande e quem sabe assim, acabar repetindo os trabalhos vitoriosos que teve no Guangzhou Evergrande e Palmeiras. A chegada ao Tricolor Gaúcho poderá dar confiança aos jogadores, por se tratar de um profissional multicampeão e a sua experiência pode ser um grande diferencial para o restante da temporada.

Foto destaque: Reprodução/ Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Breno Araujo

Cyber


Related Post