Fora, Ceni? As melhores opções para substituir o treinador

Inicialmente, com a saída de Domenéc Torrent do Flamengo, Rogério Ceni era visto com bons olhos para assumir o comando técnico do clube. Apesar de conquistar títulos, o time ainda se mostra muito frágil, o que não condiz com os investimentos milionários feitos na equipe. Devido a este fato, o cargo do treinador pode estar em risco. Dito isso, confira na lista abaixo alguns treinadores que poderiam vir ao Mais Querido no caso de uma possível saída de Ceni:

RENATO GAÚCHO

Atualmente o treinador se encontra sem clube após a eliminação do Grêmio na pré-libertadores para o Independiente del Valle. Contudo, seu último trabalho diante do Imortal possui bons números e grandes conquistas. O técnico venceu a Copa do Brasil em 2016, a Libertadores em 2017, a Recopa Sul-Americana em 2018 e o Gauchão em 2018, 2019 e 2020.

Advertisement

Após a saída do Tricolor Gaúcho, o possível destino de Renato seria o Corinthians. Porém, o técnico recusou a proposta do Timão.

LEONARDO JARDIM

À primeira vista, o treinador português parece ser uma boa opção para assumir o comando do Flamengo em uma possível saída de Rogério Ceni. Contudo, o último trabalho de Jardim, em 2019, sob o comando do Mônaco, não mostrou um futebol tão encantador como o da sua primeira passagem pelo clube, de 2014 a 2018.

Além do Olympiacos na temporada 2012/13, o grande trabalho do treinador foi na temporada 2016/17 com o Mônaco. O clube naquele ano foi campeão Francês e chegou até as semifinais da UEFA Champions league.

MARCELO GALLARDO

Antes de tudo, vale lembrar que o atual técnico do River Plate é especulado nos grandes times brasileiros sempre que os mesmos precisam de treinador. Contudo, devido às dificuldades causadas pela pandemia, a  vinda de Gallardo para o Brasil parece um sonho distante. O treinador é super valorizado em seu clube atual.

Porém, fala-se muito o nome de Gallardo entre a torcida para assumir o Mais Querido em uma possível mudança de técnico. Atualmente, Gallardo é um dos maiores ídolos da história do River Plate. Venceu três vezes a Copa da Argentina nas temporadas 15/16, 16/17 e 18/19, uma Copa Sul-Americana em 13/14 e duas Libertadores em 14/15 e 17/18.

JORGE JESUS

A princípio, o treinador, que é ídolo no Flamengo e no Benfica, fez uma temporada abaixo do esperado. Os Encarnados nunca gastaram tanto dinheiro com o time como na temporada atual. Por conta disso, de uma série de resultados ruins e também de algumas declarações, o técnico foi alvo de muitas críticas.

Certamente a ideia de um retorno do Mister ao Flamengo é recebida de braços abertos por parte dos torcedores. Contudo, Jorge Jesus ainda tem contrato com o Benfica e, por hora, quer fazer uma grande temporada com o clube.

GUILHERMO BARROS SCHELOTTO

Por fim, surge o nome de outro treinador argentino. Atualmente sem clube, o técnico venceu uma Copa Sul-Americana pelo Lanús na temporada 2012/13. Além disso, conquistou dois campeonatos argentinos com o Boca Juniors em 2016/17 e 2017/18 e um vice-campeonato da Libertadores em 2018.

Por estar sem equipe, o treinador é uma outra opção viável para o Flamengo no caso de uma possível troca de técnico.

Foto destaque: Reprodução / Flamengorj

mm
Escolhi o jornalismo para poder trabalhar com o futebol sem necessariamente fazer parte de algum clube. Já participei de programas de rádio em duas ocasiões e estive presente na equipe responsável por uma página no Instagram chamada Memória Cabrunca.

Bet 7


Related Post