Em mais um feito histórico para o surf mundial, o surfista Gabriel Medina garantiu a sua vaga na semifinal dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Isso porque o brasileiro venceu o surfista francês Michel Bourez nas quartas de final com uma nota de 15.33 a 13.66. 

Na semifinal, Medina vai enfrentar o surfista japonês Kanoa Igarashi, também atleta do WSL, os surfistas já garantiram a disputa pelo bronze. Gabriel pode ter uma final eletrizante, isso porque se ele e Ítalo Ferreira se ganharem a semi, teremos uma final brasileira e histórica.

Com um mar bem diferente do começo das primeiras baterias das Olímpiadas, com mais ondas, Medina cravou um aéreo recebendo uma nota 9.0, deixando o francês preocupado com a sua classificação.  

Medina controla a bateria 

Gabriel começa a bateria com uma nota de 0.93 que logo é descartada. Entretanto sua primeira grande nota foi 6.33 com apenas sete minutos de prova, e logo após acrescentou para sua somatória uma nota 2.00, ficando com 8.33. 

Já o seu adversário, Bourez tinha pontuado 3.17, ficando bem atrás do brasileiro. Na metade da bateria, Medina consegue finalizar um lindo aéreo e recebe uma nota 9.0 e em sua somatória de 15.00. 

Faltando pouco menos de  quatro minutos para o final da bateria, o francês Michel Bourez consegue pegar um tubo e pontua 6.93 mas não ultrapassa Medina

Minutos Finais 

Os minutos finais da bateria ainda reservavam muitas emoções, isso porque tendo a prioridade das ondas, Gabriel optou pela estratégia de não pegar a onda, até porque estava difícil para voltar para o mar e com isso perderia muito tempo. 

Mas faltando menos de um minuto o francês ainda tenta pegar uma onda, mas acaba caindo e Medina se classifica para as semifinais dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

Próxima fase

Gabriel irá enfrentar na semi o surfista japonês Kanoa Igarashi. Isso porque, a disputa do bronze e final serão realizadas ainda na virada de segunda-feira para terça-feira. 

Foto Destaque: Reprodução/ Jonne Roriz /COB

mm
Sou a Vanessa Trois, recém graduada em jornalismo pela Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP), apaixonada por escrita e esporte. Sempre gostei muito de esportes e entrei no jornalismo para focar em trabalhar na área de esportes.

Bet 7


Related Post