Gilberto Bahia

Bahia tem um novo artilheiro em Campeonatos Brasileiros. Embora não tenha conquistado os mesmos títulos de ídolos como Bobô ou Léo BrigliaGilberto quebra recorde da história do clube. A saber, os dois gols marcados pelo camisa 9 diante do América-MG o fizeram ultrapassar Douglas, que jogou no Tricolor durante os anos 70. Além disso, agora é, também, o principal goleador do Brasileirão. Por fim, confira os números e a história do centroavante com a camisa do esquadrão.

 História de Gilberto no Bahia

2018

Gilberto chegou ao Bahia em julho de 2018 para reforçar o elenco no Brasileirão. Dessa forma, o atacante logo caiu nas graças da torcida por ter marcado gol na goleada de 4 x 1 no clássico Ba-Vi. Desse modo, marcou 8 gols em 21 partidas naquele campeonato.

2019

Em 2019, mesmo com a chegada do ídolo Fernandão, garantiu a titularidade. Como resultado, foi artilheiro da Copa do Nordeste, fez o gol do título baiano e marcou 14 tentos em 32 partidas pelo Campeonato Brasileiro.

2020

No ano seguinte, ele teve uma queda de rendimento junto com toda a equipe e não conseguiu muitos resultados. Se lesionou durante a Copa do Nordeste e viu o clube ser derrotado pelo Ceará. Além disso, outros vexames, como a eliminação precoce na Copa do Brasil para o River-PI. Como resultado, marcou 9 gols em 33 jogos do Brasileirão.

2021

Em resumo, 2021 está sendo o ano de redenção para o camisa 9 tricolor. No primeiro semestre, título da Copa do Nordeste em cima do Ceará que estava deixando o torcedor engasgado. Inclusive, marcou o gol do título. No Brasileirão é o atual artilheiro com 6 gols marcados em 8 jogos disputados.

O recorde

O artilheiro do Bahia em Campeonatos Brasileiro era Douglas Franklin, que havia marcado 36 gols durante a década de 70. Porém, só até a última quarta-feira (30). O atual camisa 9 do Esquadrão marcou dois gols na derrota para o América-MG por 4 x 3 e chegou à marca de 37. Dessa forma, Gilberto quebra recorde histórico do tricolor.

Portanto, o “top 5” fica com Douglas em segundo com 36 gols, Nonato 32, Beijoca 27 e Bobô 24. Giba tem, ao todo, 74 tentos com a camisa tricolor, e faltam apenas seis para alcançar Bobô. O que mais impressiona é que desses 74, apenas três foram marcados em Campeonato Baiano.

 

Foto Destaque: Felipe Oliveira/EC Bahia

Caian Oliveira

Cyber


Related Post