Guardiola

Nesta quarta-feira, o treinador Pep Guardiola revelou que quer treinar uma seleção no futuro. Ademais, com contrato até 2023 com o Manchester City, o técnico disse que seria um “descanso” comandar uma equipe nacional após tanto tempo em clubes europeus. Aliás, disse que continuaria no clube inglês até o final de seu contrato.

Uma seleção, sim. Próximo passo será uma seleção, sim, se há uma possibilidade. Uma seleção é um próximo passo. Devo ter um descanso depois de sete anos (do Manchester City), preciso parar para ver, aprender com outros treinadores, e talvez tome esse caminho. Gostaria de treinar em uma Eurocopa, uma Copa América, uma Copa do Mundo – afirmou o técnico em um evento da XP Investimentos.

Advertisement

Além disso, quando perguntado sobre se comandaria a seleção brasileira, Pep disse que seria difícil já que sempre foi treinada por técnicos nacionais. Logo depois, Guardiola também elogiou o atual técnico do Brasil, Tite, e considera o time como uma das favoritas para ganhar a Copa do Mundo.

É uma equipe fantástica (a de hoje com Tite). Alguns jogadores já trabalhei junto, outros foram adversários. É uma seleção fantástica. O Brasil sempre é forte candidata ou favorita, sempre foi e sempre será

Antes de mais nada, o técnico catalão treinou o Barcelona B em 2007 e 2008, depois o Barcelona por quatro temporadas, ganhando três Mundial de Clubes e duas Champions League, além de mais títulos. Logo em seguida, comandou o Bayern Munich em 2013 até 2016, depois entrou no Manchester City, time que comanda atualmente

Foto destaque: Divulgação/City Report

Guilherme Schanner

Cyber


Related Post