Guardiola

A final da Champions League 2020/21  será realizada neste sábado (29), e tem muitos ingredientes, entre eles os técnicos. Assim, Guardiola e Tuchel duelam entre si pelo maior título europeu possível, mas com visões diferentes de jogo e maneiras distintas no comando de suas equipes. Por fim, a decisão deste fim de semana pode consolidar ao extremo o trabalho de Pep pelo Manchester City, ou simplesmente coroar o ímpeto vitorioso de Thomas a curto prazo no comando do Chelsea.

GUARDIOLA OU TUCHEL?

Afinal, quem tem mais o time na mão? Essa pergunta é muito complexa, e dificilmente teremos um vencedor unânime, mas inevitavelmente o espanhol está ligeiramente a frente do alemão nesse quesito. Dessa forma, Pep chegou na cidade de Manchester em 2016, com isso, de lá pra cá, o treinador coleciona títulos nacionais e fracassos europeus. No entanto, especificamente nesta temporada, o espanhol encontrou o desejado equilíbrio na equipe, sendo forte no ataque, mas também na defesa. Portanto, conseguir esse feito jogando no mais alto nível, mesmo após um tempo considerável no clube, é algo pra se elogiar e parabenizar. Em suma, Tuchel tem seus méritos por estar nessa final, mas Guardiola pelo tempo de casa, consegue administrar melhor as opções técnicas da equipe.

Advertisement

TUCHEL EM BUSCA DO PRIMEIRO TÍTULO EUROPEU (NOVAMENTE)

Pela primeira vez um técnico que foi vice campeão na edição passada, consegue chegar a outra final em uma equipe diferente na competição seguinte. Nesse interim, o alemão detém esse feito de maneiras distintas, já que no PSG o comandante produziu um trabalho a longo prazo e no Chelsea não tem ainda 6 meses de vínculo. Em contrapartida, no Paris o treinador tinha a pressão de vencer, algo que não acontece em Londres, mas a expectativa é alta, mesmo sem o favoritismo. Thomas chega a sua segunda decisão de Champions, fato que o já coloca como uns dos grandes técnicos dessa nova geração.

10 ANOS DEPOIS …

Desde 2011 Guardiola não se encontrava em uma final de Champions League. Nesse período, o treinador bateu na trave uma vez com o Barcelona, em três oportunidades no comando do Bayern, e passou por decepções no City. Por outro lado, nesta temporada as coisas se alinharam, taticamente o time evoluiu, e tudo isso proporcionou a mais uma decisão europeia no currículo do espanhol. Em síntese, Pep tem dois títulos da Champions como técnico, 2009 e 2011, comandando o Barcelona.

Reprodução/Getty Images

Leandro Silva on Email
mm
Eu escolhi jornalismo por amar esporte, principalmente futebol. No momento tenho um canal no youtube com meus amigos chamado "Mesa de bar" , que fala de esportes em geral, a idéia é justamente criar um portfólio para ingressar na área jornalística. Meu objetivo profissional é ser comentarista de futebol, me espelhando em profissionais como o Paulo Vinícius Coelho, Lédio Carmona, Paulo Calçade entre outros.
Sou uma pessoa tranquila e focada, tanto na vida profissional e pessoal. Simplicidade me define, sendo assim, pretendo acrescentar ao Futebol na Veia, com meus conhecimentos e qualidades.

Bet 7


Related Post