Heerenveen vence clássico, e afasta risco da degola na Eredivisie

Neste domingo (11), o Groningen recebeu o Heerenveen pela rodada 29 da Eredivisie, o Campeonato Holandês. Em resumo, a partida acontecerá no Estádio Euroborg, em Groningen. Assim, o clássico Derby of the North parecia estar resumido ao empate, mas o ataque visitante desencantou.

1º Tempo

A etapa inicial foi de pouca emoção, com as duas equipes tentando o que podiam, entretanto a pontaria não estava afiada. A posse de bola foi maior para o time da casa, as chances também, mas quem ameaçou com mais perigo foi o Heerenveen em quatro oportunidades, contra três. Dessa forma, o placar não se movimentou e ficou no 0 x 0 para o intervalo.

Advertisement

2º Tempo

O domínio do time azul e branco continuou, agora com mais poderio. Nove chutes contra nenhum do Groningen, sendo seis deles na direção do gol e o placar se movimentou somente aos 26′. Henk Veerman bateu pênalti no capricho e abriu o marcador. Já na reta final, aos 41′, Halilovic recebeu de Veerman e fechou o placar em 2 x 0.

E Agora?

E resultado deixa o Heerenveen na 10ª posição na tabela, com 37 pontos ganhos, garantindo mais um ano na Primeira Divisão. Enquanto isso, o Groningen continua bem posicionado na briga por Liga Europa, com 46 pontos, em sexto lugar. Por fim, a próxima rodada tem o Heerenveen recebendo o PEC Zwolle, e o Groningen visitando o PSV. Os dois jogos acontecem no sábado (24).

Melhores Momentos – Groningen 0 x 2 Heerenveen

mm
Meu nome é Ruan Silva da Silva, tenho 24 anos, moro na cidade de Altamira no Pará. Sou graduado na área de Letras, com habilitação em Língua Portuguesa e no momento pós-graduando na área de Linguagem e Ensino, ambos pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Sou deficiente físico, tenho dificuldades na questão da locomoção, que dificulta um pouquinho as coisas, mas nada que impeça de exercer diversas atividades. Sou apaixonado por todos os esportes, principalmente pelo futebol, corintiano e simpatizante de diversos clubes na Europa que não cabem todos aqui e apaixonado também pelo jornalismo esportivo tendo como ídolos, ícones como Galvão Bueno, Luciano do Valle, André Henning, Vitor Sérgio Rodrigues e outros mais. Uma curiosidade minha é que consegui na graduação em um ambiente voltado aos estudos de ensino e aprendizagem, incluir o futebol no principal trabalho dos quatro anos de curso, o TCC. Escrevi sobre Nelson Rodrigues e a Copa de 1950, temas raramente trabalhados numa graduação como essa. Enfim! Sonho em um dia trabalhar efetivamente na área que tanto amo e acredito que posso fazer um bom papel no meio.

Related Post