Desde que retornou ao Brasil, o atacante Hulk está se destacando e se tornando um dos principais jogadores da posição. Primeiramente, logo que chegou, não apresentou um bom futebol e com pouco tempo de trabalho começaram as cobranças. Com isso, as dúvidas eram sobre o porte físico do atleta e se o investimento do Atlético Mineiro valeu a pena.

Entretanto, após um período de adaptação e uma mudança de posição, ao sair da ponta direita e ir jogar como centroavante, Hulk deslanchou e se encontrou no futebol brasileiro. Desse modo, somando todas as competições de 2021, possui um total de 32 jogos, onde marcou 13 gols e deu nove assistências.

Advertisement

Hulk na seleção

Diante dos números na temporada atual, torcedores e comentaristas passaram a pedir e cogitar a convocação do atacante para a seleção brasileira. Ao comparar os jogadores da mesma posição, Hulk pode realmente ter espaço com a camisa amarela, uma vez que Firmino e Gabriel Jesus estão em baixa tanto por seus clubes, quanto pela seleção.

Porém, é necessário lembrar que o técnico Tite dificilmente tira esses jogadores de suas convocações. Além do mais, tem uma fama negativa de deixar de fora alguns jogadores que se destacam no futebol brasileiro, Marinho e Dudu são bons exemplos. Outro caso que exemplifique essa situação é o de Gabigol, que mesmo sendo artilheiro por vários anos consecutivos, demorou demais ganhar a sua chance.

Volta por cima

Aliás, caso Hulk seja convocado, o jogador tem uma ótima chance de se redimir e apagar o passado ruim. Pode-se dizer que alguns anos atrás era impossível prever que o atleta fosse novamente cogitado a jogar pela seleção. Ainda mais depois de fazer parte do elenco que passou vexame na Copa do Mundo de 2014, naquele traumatizante 7 x 1 para a Alemanha. Diante disso, com o Mundial no Qatar se aproximando, a expectativa do jogador cresce ao poder disputar outra competição tão importante como essa, aos 34 anos de idade.

O atacante estreou pelo Brasil em 2009, quando Dunga era o técnico, e pelos anos seguintes era figurinha carimbada nas convocações. Logo depois, diante da Dinamarca, marcou seus dois primeiro gols e se firmou entre os titulares. Com isso, ao todo tem 54 jogos e 11 gols. Em 2012, conquistou medalha de prata na Olimpíadas e no ano seguinte, sob o comando de Felipão, foi campeão da Copa das Confederações com um sonoro 3 x 0 diante da favorita seleção da Espanha.

Por fim, como Hulk está se destacando, a convocação passa a ser algo inevitável e as cobranças em cima de Tite ficarão ainda maiores. Além do mais, o retorno do atacante para o futebol brasileiro foi uma tacada certeira para que o atleta pudesse ser observado de perto e tivesse novas chances de jogar pela seleção brasileira.

Foto destaque: Reprodução/ Pedro Souza/ Atlético-MG

Breno Araujo

Cyber


Related Post