Internacional e Real Brasília se enfrentaram pela Supercopa do Brasil Feminina no Beira-Rio nessa sexta-feira (4). As visitantes venceram por 1 x 0 com gol irregular e avançaram para a semifinal. A competição não possui VAR até o momento. Além disso, a partida foi marcada por ser a primeira da história da competição, que estreou esse ano.

1º TEMPO

A princípio, o Internacional usou o esquema 4-3-3. Ao contrário do ano passado quando era 4-4-2. Com isso, Fabi Simões deixou a proximidade da área para jogar mais pelas pontas. Começou na esquerda e terminou na direita. O Real Brasília jogou mais atrás buscando contra-ataques por ser um time de menor expressão e por estar fora de casa. Elas saíam muito bem tocando a bola e chegando próximo da área adversária. Os dois times estreando na temporada, mas as Gurias Coloradas tiveram menos tempo de preparação que as rivais. Além disso, pareciam ter menos força e explosão. Assim, o jogo foi bem lento e sem finalizações no gol nos primeiros 30′.

Advertisement

A primeira chance real do Internacional foi em contra-ataque depois de defender um escanteio. Em enfiada de bola, Fabi Simões ficou de frente para a goleira Dida, que saiu bem e defendeu em dividida. Mesmo com menos posse de bola, o Real Brasília fazia boas jogadas e tocava bem a bola. No último lance saiu o gol das visitantes. Geovana Alves entrou para a história marcando o primeiro gol da competição. Sua companheira Roberta dividiu com Djeni e empurrou a Colorada usando as mãos no rosto da mesma. O árbitro não marcou falta e, após cruzamento, o placar foi inaugurado. Além disso, a partida foi marcada por muitas faltas e muitas paralizações do juiz. A falta mais clara ele não deu.

2º TEMPO

O Real Brasília foi pra cima logo nos primeiros minutos, mas a pressão não durou muito. Maiara com a 18 entrou no intervalo e jogou muito bem. Ponta-esquerda que driblou muito e criou muitas chances de gols. Outro destaque na partida foi Duda. A camisa 10 acertou o travessão aos 19′ com chute de fora da área. A camisa 18 também carimbou no mesmo lugar dois minutos depois sem goleira. No lance seguinte ela volta a perder o gol. Dessa vez uma defensora tirou em cima da linha. Era muita pressão do Internacional. O time achou uma boa alternativa pelo lado direito com Fabi Simões lembrando seus momentos de lateral-direita da Seleção Brasileira. Millene também caía por aquele lado e ajudou a confundir a marcação rival.

Em uma dessas jogadas pela direita, Fabi Simões foi para com falta na lateral da área. A zagueira Rafa Soares foi expulsa, mas já estava entrando nos acréscimos. Não deu para fazer muita coisa. O cansaço venceu as duas equipes. As jogadoras do Real Brasília muito valentes e com muitas cãibras seguraram o resultado. Além disso, Geovana Alves e a zagueira venezuelana Petra Cabrera foram os destaques da equipe da capital. Enquanto Duda, Maiara e Fabi Simões foram as melhores do Internacional.

INTERNACIONAL X REAL BRASÍLIA – E AGORA?

O Internacional se despede da competição com esse jogo disputado apenas. As Gurias Coloradas focam nos treinamento para poderem retomar o calendário com a disputa do Brasileirão. O Real Brasília agora está na semifinal e espera a vencedora de Corinthians e Palmeiras. A partida está marcada para a próxima quarta-feira (9) em São Paulo. Por fim, todas as partidas têm transmissão do SporTv.

MELHORES MOMENTOS – INTERNACIONAL X REAL BRASÍLIA

Imagem destaque: Reprodução / Real Brasília

Danilo Araújo on Email
Danilo Araújo
Estudante de jornalismo que tentou ser jogador, mas não conseguiu por uma grave lesão. Então decidi tentar ficar próximo ao esporte que amo pelo jornalismo. Acompanho outros esportes e estou sempre disposto a aprender.

Related Post