Luta Olímpica

No último sábado (31), teve o início das competições da Luta Olímpica nos Jogos de Tóquio 2020. Assim, os estilos Luta Livre Feminina (Wrestling) e a Greco-Romana já tiveram representantes brasileiros no tapete. Apesar do otimismo, Aline Silva Eduard Soghomonyan foram eliminados.

Luta Olímpica

A modalidade da Luta Olímpica é uma das mais antigas da história dos Jogos Olímpicos. Aliás, há registros do esporte sendo praticado em 704 a.c. A Luta é dividida em duas modalidades. A Luta Livre, também conhecida como Wrestling e a Greco-Romana. Em resumo, a Greco-Romana é disputada apenas pelos homens. Enquanto que o Estilo Livre é para ambos os gêneros.

Advertisement

Aline Silva

A princípio, Aline já sabia que teria um parada muito dura pela frente. A sua adversária, a turca Yasemin Adar é uma das melhores lutadoras até 75kg da atualidade. Porque é campeã mundial e com várias medalhas nos Jogos Europeus. Por outro lado, Aline Silva teve como seu melhor resultado o vice no mundial de 2014.

Em cima do tapete, vitória da turca. Yasemin marcou quatro pontos no 1º round. Em seguida, fez mais dois no 2º e venceu o confronto pelo placar de 6 x 0.

Eduard Soghomonyan

Em confronto de Eduard’s , o alemão Eduard Popp venceu o armênio-brasileiro. Popp marcou um ponto em cada um dos rounds e saiu vencedor da luta por 2 x 0.

E agora ?

Dessa maneira, o Brasil tem apenas mais um representante na modalidade. Laís Nunes subirá ao tapete no dia 3 de agosto. Ela é nossa representante na categoria até 62kg.

Foto destaque: Divulgação/Time Brasil 

mm
Historiador pela UFPE e graduando em Jornalismo pela UniNassau.

Related Post