Neste sábado (4), tivemos o treino classificatório do Grande Prêmio da Holanda, no qual definiu o grid de largada para a corrida que acontece no domingo (5). Desse modo, Max Verstappen conquistou a pole position e a dupla da Mercedes completou o top 3.

Q1: Ferrari surpreende e Pérez é decepção

Acima de tudo, Kimi Raikkonen não participou das etapas deste sábado (4) e tampouco correrá no domingo (5), após testar positivo para Covid-19. Assim, o piloto reserva Robert Kubica ocupa o seu lugar neste final de semana.

Advertisement

A dupla da Ferrari surpreendeu. Conquistaram bons resultados nos treinos livres e quando parecia que ficariam na zona de risco, melhoraram os seus tempos e lideraram a primeira parte do treino.

A participação de Carlos Sainz era dúvida, pois o espanhol tinha batido horas antes no terceiro treino livre, mas a equipe de mecânicos ferraristas conseguiu deixar o carro pronto a tempo.

Sebastian Vettel acabou sendo bloqueado pela dupla da Haas, e, consequentemente, o piloto da Aston Martin não conseguiu melhorar o seu tempo para se salvar da eliminação.

Contudo, a maior decepção ficou na conta de Sergio Pérez, pois o mexicano realizou um Q1 desastroso e não conseguiu avançar ao Q2. Checo não se encontra em seu melhor momento – relembrando que ele bateu indo para o grid em Spa – e largará na 16° colocação.

Desse modo, os primeiros cinco eliminados foram: Pérez (Red Bull), Vettel (Aston Martin), Kubica (Alfa Romeo), Schumacher (Haas) e Mazepin (Haas).

Q2: Bandeiras vermelhas e Norris eliminado.

A saga das bandeiras vermelhas não abandona a Fórmula 1. George Russell e Nicholas Latifi foram os encarregados de acioná-las após bater no muro, provocando que a sessão fosse interrompida. Assim sendo, a dupla da Williams teve que abandonar e não avançou ao Q3.

Um melhor desempenho era esperado da parte de Lando Norris – principalmente após o seu rendimento na Bélgica -, mas o piloto McLaren ficou fora ainda no Q2 e será um dos que deverá escalar o pelotão.

Por fim, os últimos eliminados foram: Russell (Williams), Stroll (Aston Martin), Norris (McLaren), Latifi (Williams) e Tsunoda (AlphaTauri).

Q3: Max Verstappen conquista a pole diante da Orange Army.

Antes de tudo, vale destacar três pilotos. Daniel Ricciardo – muito criticado nos últimos tempos – que levou a McLaren ao Q3 para disputar a pole, Pierre Gasly que igualou o seu melhor resultado na classificação no grid de largada ao conquistar a quarta posição e Antonio Giovinazzi que avançou ao Q3 pela segunda vez no ano e alcançou seu melhor resultado no classificatório com um sétimo lugar.

Sendo assim, disputando a pole position na Holanda – a qual não era parte do calendário há 36 anos – Max Verstappen conquistou a sétima pole em 2021 com o melhor tempo de 1m08s885. Lewis Hamilton ficou na segunda colocação a apenas 0s038 do seu rival logo depois de melhorar o seu tempo, e Valtteri Bottas largará em terceiro após fazer 1m09s222.

Foto destaque: Divulgação/Fórmula 1/Red Bull Racing

Mel Ribeiro on InstagramMel Ribeiro on Twitter
mm
Olá! Eu sou a Mel. Carioca e totalmente apaixonada por esportes, o futebol e o automobilismo mudaram completamente a minha vida. Junto com o jornalismo, essas modalidades me deram felicidade, novas oportunidades e acima de tudo a chance de poder fazer o que eu mais amo.

"O esporte tem a capacidade de transformar pensamentos educando o jovem pelo prazer." - Elijarbas Rocha.

Cyber


Related Post