Max

Em um domingo de chuva no circuito de Ímola, aconteceu a segunda etapa da temporada 2021 da Fórmula 1. Como resultado, Max Verstappen largou bem, ultrapassou Lewis Hamilton e liderou até o fim para chegar em primeiro. Em segundo lugar ficou o britânico sete vezes campeão do mundo, seguido por Lando Norris com sua McLaren.

MAX NA FRENTE

Definitivamente, ninguém começou melhor do que Max Verstappen. Principalmente porque o holandês da Red Bull pulou da terceira posição para a liderança ainda na primeira curva, ultrapassando seu companheiro de equipe, Sérgio Pérez e a Mercedes de Lewis Hamilton.

Advertisement

PISTA MOLHADA

Já que a pista estava molhada por conta da chuva, os pilotos tiveram dificuldades para manter a aderência. Dessa forma, alguns carros rodaram antes mesmo do início da prova, casos de Charles LeClerc e Fernando Alonso na volta de apresentação.

Então, ainda na segunda volta, Nicolas Latifi saiu da pista e ao retornar Nikita Mazepin o atingiu, jogando o canadense contra o muro de proteção. Assim, o safety car entrou em ação pela primeira vez na prova, e nesse momento quem escapou foi Mick Schumacher, que perdeu o controle de sua Haas quando aquecia os pneus.

ERRO DE HAMILTON

Inesperadamente, quando tentava alcançar Verstappen na liderança, Hamilton também escapou ao ultrapassar um dos retardatários. Por consequência, quebrou parte da asa dianteira ao tentar sair da brita e só conseguiu voltar para a pista de ré, já na 9ª posição. Logo após, o safety car foi novamente acionado e diminuiu o prejuízo do hepta campeão.

BANDEIRA VERMELHA

Juntamente com o safety car, o sortudo Lewis Hamilton se beneficiou também da paralisação da prova após choque entre George Russel e Valtteri Bottas. Enquanto o britânico da Williams tentava ultrapassar a Mercedes a mais de 300km/h, os carros se tocaram e se chocaram com o muro. Desse modo, ambos os pilotos abandonaram a prova e a bandeira vermelha foi acionada indicando que a corrida estava interrompida.

RECUPERAÇÃO

Com o carro recuperado e uma relargada pela frente, Lewis Hamilton tratou de escalar posições para terminar a prova em 2°. Isto é, o atual campeão ultrapassou Lance Stroll, Daniel Ricciardo, Carlos Sainz, Charles LeClerc e Lando Norris. Além disso, fez a volta mais rápida da prova e garantiu um ponto precioso, que o mantém na liderança do campeonato de pilotos.

Do mesmo modo, quem também se recuperou foi Lando Norris. Punido no classificatório, o jovem da McLaren largou em 7°, subiu no pódio e ganhou a eleição de piloto do dia. Aliás, a McLaren e a Ferrari foram as únicas equipes que pontuaram com os dois carros nas duas primeiras corridas da temporada.

Confira a classificação final do GP da Emilia-Romagna

Foto destaque: Divulgação/Red Bull Racing Honda

Lincoln Oriaj on Email
mm
Lincoln Oriaj nasceu em Salvador/BA e é estudante de jornalismo. Gosta de escrever sobre futebol alternativo, goleiros e mercado da bola. Além disso, escreve também sobre Fórmula 1, MotoGP e não perde a oportunidade de contar uma piada sem graça.

1xBet


Related Post