Mendy

Nesta quarta-feira (01), a Justiça do Reino Unido recusou o pedido de libertação sob supervisão judicial para o lateral Benjamin Mendy, do Manchester City. O jogador francês é está sendo acusado por quatro estupros e uma agressão sexual, e está preso desde de sexta-feira (27) em Liverpool. Com isso, o Mendy ficará até dia dez de setembro, em que será ouvido em uma nova audiência.

Em suma, o lateral responderá a quatro acusações de estupro, três cometidos em outubro de 2020 e outro em agosto deste ano, em sua casa em Prestbury. Além disso, responderá a acusação de agredir sexualmente uma mulher em janeiro de 2020. Todas as acusação são sobre três mulheres com mais de dezesseis anos.

Sobretudo, Mendy não comentou sobre as acusações, mas seu advogado disser que ele as nega. O City afastou o jogador depois das acusações, dizendo que é um afastamento temporário até que a situação mude.

Contratado em julho de 2017, Benjamim Mendy saiu do Monaco para jogar no time inglês. Até o momento, disputou 75 jogos, anotou 12 assistências e marcou dois gols. Logo depois, participou na Copa do Mundo de 2018 com a França, em que saiu vitóriosa. Ademais, Mendy tem contrato com o clube inglês até 2023.

Contudo, os Citzens mantém uma fase boa na Premier League, ganhando seu último jogo contra o Arsenal de 5 x 0 em casa. Dessa maneira, seu próximo jogo na liga inglesa será contra o Leicester City, fora de casa.

Foto destaque: Divulgação/Sky Sports News

Guilherme Schanner

Cyber


Related Post