Menino da Vila, Paulo Mazoti sonha em repetir sucesso de antecessores no gol do Peixe

O Santos sempre foi uma referência quando o assunto é revelar jogadores de linha. Porém, nos últimos tempos, essa tradição se estendeu também aos goleiros. Assim, exemplos não faltam, basta observar que atletas como Rafael Cabral, Vladimir e agora João Paulo e John também despontam na Vila Belmiro.

Aliás, outro nome que começa a ganhar espaço na posição e que surgiu na base do Peixe é Paulo Mazoti. Dessa maneira, aos 21 anos e desde os onze no clube, o arqueiro divide sua rotina em atuações pela equipe, que disputa o Campeonato Brasileiro de aspirantes, com trabalhos conduzidos pelos professores Arzul e Juninho no profissional.

Advertisement

Em síntese, ao vivenciar o sonho de tantos jovens, que desejam seguir carreira no esporte mais popular do mundo, o goleiro falou sobre a satisfação de defender a camisa santista.

Fala, Paulo Mazoti!

“É muito animador, estar em um clube em que a base é muito valorizada e olhada com bons olhos. Como podemos ver nesses últimos anos, os raios também caem no gol do Peixe e o Santos está revelando grandes goleiros. Algo que me anima muito e, com isso, passo a ganhar confiança para continuar trabalhando”, afirmou o atleta.

Como resultado, um dos destaques no empate em 0 x 0, contra o Grêmio, na rodada passada da competição de aspirantes, Paulo Mazoti já teve o gostinho de estar relacionado pelo time principal em algumas das partidas da atual edição da Série A do Brasileiro. Afinal, entre essas oportunidades, estão os jogos contra o América Mineiro e Sport.

Diante dessa experiência no time principal, o goleiro ressaltou como que esse contato com atletas há mais tempo no profissional está ajudando no seu desenvolvimento.

“É muito importante estar treinando com os profissionais, poder vivenciar o dia a dia. Ao estar com os melhores, aprendo muito a cada treino observando meus companheiros e escutando os conselhos”, disse antes de completar.

“Trabalho todos os dias, esperando trazer muita alegria para a nação santista e aguardando ansioso por minha estreia no profissional. Sou um menino da vila, e acredito que nosso sonho é poder mostrar a todos dentro de campo que o Santos vive em nossos corações, honrando o manto e respeitando a instituição”, concluiu.

Foto Destaque: Divulgação / Ivan Storti / Santos FC

Redação FNV Sports

Cyber


Related Post