Mortari e Georginho

O São Paulo se classificou para as semifinais da Basketball Champions League Americas ao bater o San Lorenzo (ARG) por 78 x 75. Após o jogo, Claudio Mortari e Georginho de Paula concederam entrevista coletiva direto da Nicarágua e falaram um pouco sobra a grande vitória Tricolor. Além disso, o treinador e o armador responderam a nossa reportagem a a respeito das dificuldades passadas pelo clube na temporada e o momento atual da equipe.

Superando a negatividade

Com Covid-19, vários jogadores desfalcaram o São Paulo em alguns jogos do NBB e da BCLA. Assim, Mortari só pôde contar com praticamente metade de seu elenco. Anteriormente, a equipe havia perdido a final da Copa Super 8 para o Flamengo, enfrentando uma série irregular pós-revés. Depois de falar o que achou do jogo, o treinador foi questionado sobre os momentos difíceis durante a temporada.

Advertisement

Nas resposta, Mortari brincou, dizendo que os atletas se vacinaram antes (dando alusão aos anticorpos). Ainda, relembrou de quando o clube jogou dois jogos da fase de grupos da BCLA com apenas oito jogadores. Porém, olhando pelo outro lado, o experiente comandante São-paulino disse que os ocorridos serviram para mostrar ao time que toda a negatividade poderia ser transformada em algo positivo:

“…mas eu acho que isso serviu muito para que nós pudéssemos falar para o time o seguinte: que nós já tínhamos muita carga negativa. Tudo de mau já havia acontecido. E a resposta que nós poderíamos dar era transformar tudo em algo positivo, desde que bem trabalhado”.

Jovem líder

Georginho de Paula é um dos destaques do São Paulo desde 2019. Grande nome do jogo contra o San Lorenzo, sua eficiência foi de 22, graças principalmente aos seus 20 pontos e oito rebotes. Ainda mais, o atual MVP do NBB também é um dos líderes do elenco. Logo, o armador respondeu uma pergunta sobre a importância de jogos grandes para um jogador como ele:

“Apesar de ser um jogador relativamente jovem, estou tentando conquistar meu respeito. Isso tanto nacionalmente quanto internacionalmente. Hoje foi uma oportunidade para eu dar uma passo a mais na minha carreira para eu, então, me consolidar como jogador”.

Do mesmo modo, em relação ao time, Georginho fez elogios ao grupo tricolor. Ele disse ser uma honra ser uma das referências da equipe:

“Esse ano a gente está com um time muito forte. A gente tem peças-chave, com jogadores fazendo a melhor temporada da vida, como o Lucão (Lucas Mariano). Para mim, ser um dos líderes do elenco é uma honra. Me faz querer sempre mais e alcançar o objetivo maior.”

Foto em destaque: Divulgação/FIBA

Leonardo Abrahão
Jornalista em formação pela Universidade Nove de Julho. Redator e setorista do São Paulo no núcleo de basquete. Comentarista e repórter da Rádio Poliesportiva em transmissões de futebol, além de repórter do futebol chinês no podcast Futebol na Veia.

1xBet


Related Post