Oita Trinita x Nagoya Grampus

No último domingo (11), pela 9ª rodada da J-League 2021, o Nagoya Grampus venceu o Oita Trinita por 3 x 0, no estádio Big Eye. Dessa forma, a equipe da casa se mantém na vice-liderança. Em contrapartida, com a derrota, os visitantes terminaram a rodada na 17ª posição, dentro da zona de rebaixamento.

1º TEMPO

O time da casa dominou a partida até os 30′. Logo depois, aos 32′, Mateus cruzou, e o goleiro Takagi soltou a bola nos pés de Yamasaki, que abriu o placar para os visitantes. Em seguida, aos 43′, Mateus cobrou falta, e o zagueiro Saka, de cabeça, fez contra e ampliou para o Nagoya Grampus. Com o segundo gol, os visitantes frearam a reação da equipe de Oita, fazendo, dessa forma, com que os mandantes fossem para o vestiário remontar o que foi feito em boa parte do primeiro tempo.

Advertisement

2º TEMPO

A segunda etapa começou, definitivamente, igual a anterior. A princípio, a pressão forte do Oita Trinita indicava que o gol sairia logo. Porém apenas aos 45′ os mandantes chegaram com real perigo. Entretanto, o goleiro Langerak defendeu o chute de Takazawa e viu, no rebote, Hasegawa quase diminuir. Entretanto, aos 46′, Naruse roubou bola da defesa, tentou o cruzamento, e a bola voltou para o lateral, que, enfim, acertou passe para Kakitani marcar e decretar vitória dos visitantes.

OITO TRINITA X NAGOYA GRAMPUS – E AGORA?

Os visitantes, ao vencerem, mantiveram a invencibilidade na J-League 2021. Como resultado, também veio a permanência na vice-liderança do torneio. Em contrapartida, o visitante permaneceu com cinco pontos e agora está na zona de rebaixamento. Além disso, a má fase já é mais do que presente para o time que vai para o próximo jogo após perder seis vezes seguidas. A partida seguinte do Oita Trinita, pela J-League 2021, será como mandante contra o Kashiwa Reysol, no sábado (17). O Nagoya grampus pegará o Sanfrecce Hiroshima, em casa, na quarta-feira (14).

MELHORES MOMENTOS – OITO TRINITA X NAGOYA GRAMPUS

Foto destaque: Reprodução/J.LEAGUE

Victor Chagas
Estudante de jornalismo pela faculdade de Belas Artes. Teve um blog, onde comentava as rodadas do campeonato brasileiro de 2011, mas não prosseguiu com o projeto. Formado em engenharia civil, mas nunca deixou o sonho de ser jornalista esportivo para poder chegar a trabalhar em profissões como a de setorista, repórter de campo, assessor de imprensa e narrador esportivo (com foco em rádio).

Related Post