Reprodução/Argentina

Depois de um 1 x 1 que teve um final dramático, a Argentina venceu a Colômbia por 3 a 2 nos pênaltis e se classificou para a grande definição da Copa América, onde enfrentará o Brasil no próximo sábado (10), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

1° Tempo

A partida esquentou rápido. Logo aos seis minutos, Messi deu um belo passe que encontrou Lautaro Martinez livre no meio da defesa colombiana, e o atacante logo abriu o placar para os argentinos. Entretanto, após o gol a seleção argentina recuou e viu a Colômbia criar as principais chances da primeira etapa. Aos 23′, Zapata tinha dois companheiros livres, mas optou pelo chute e acabou ganhando escanteio.

Advertisement

Em seguida, aos 27 minutos Cuadrado teve uma boa oportunidade de empatar em cobrança de falta, mas colocou por cima do gol. Na sequencia, a pressão continuou, Barrios soltou a bomba da entrada da área que pegou na trave esquerda após um desvio no braço de Lo Celso e foi para escanteio.

No minuto seguinte, no escanteio Yerry Mina subiu de cabeça e a bola outra vez pegou na trave. A seleção argentina voltou a atacar aos 43 minutos em cobrança de escanteio. Nico Gonzales colocou a cabeça na bola e obrigou o goleiro Ospina a fazer uma grande defesa.

Em suma, o primeiro tempo foi totalmente da seleção colombiana, que dominou as principais ações do jogo, com a posse de bola de 56% duas bolas na trave e três escanteios.

Tempo

A Colômbia começou o segundo tempo do mesmo modo que terminou o primeiro, na pressão em busca do empate contra a Argentina. Os colombianos ficaram na bronca com o árbitro reclamando de pênalti, após um lance envolvendo Chara e Tagliafico.

Em suma, nos primeiros 11 minutos da segunda parte, o jogo ficou parado por conta de muitas faltas de ambos os lados, o árbitro venezuelano Jesus Valenzuela se mostrava um pouco perdido em campo.
Porém, em mais um grande passe em profundidade na partida. Aos 61′, Luis Diaz ganhou fácil na corrida de Pezzella e igualou o marcador para a Colômbia, que já merecia a muito tempo o empate.

Em seguida,  o treinador da Argentina Scaloni colocou Di Maria em campo, que rapidamente mudou a forma da equipe jogar. Logo, no seu primeiro lance fez uma bela jogada individual, mas foi parado por Ospina.
Na sequência, Muñoz cometeu um erro bizarro no meio campo e a seleção argentina perdeu o gol sem goleiro por dois momentos.

Primeiro, com Lautaro Martinez que parrou no volante Barrios, e no rebote Di Maria desperdiçou. Em outra bela jogada individual Di Maria deu um belo passe para Messi que acertou a trave do goleiro Ospina. O 2º tempo terminou empatado em 1 x 1. Dessa forma, a vaga para final foi definida nos pênaltis.

Pênaltis

Cuadrado e Messi marcaram nas primeiras cobranças. Entretanto, Davison Sanchez parou no goleiro Martinez. Do mesmo modo, Rodrigo de Paul isolou seu penal e deixou tudo igual. Na sequencia, Paredes marcou e o goleiro Dibu Martinez defendeu o chute de Yerry Mina.

 Entretanto, Miguel Borja colocou os colombianos de volta ao jogo. Lautaro fez o ultimo gol da seleção argentina, e outra vez o goleiro Dibu Martinez defendeu a cobrança de Cardona e colocou os hermanos na final da Copa América.

Colômbia x Argentina – E agora?

Por fim, a seleção da Argentina volta a entrar em campo na final da Copa América, diante do Brasil no próximo sábado (10), no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Por outro lado, a Colômbia vai enfrentar o Peru na próxima sexta-feira (9) pela disputa do terceiro lugar da Copa América no estádio Mané Garrincha, em Brasília.

Melhores Momentos – Colômbia x Argentina

Foto Destaque: Reprodução/Conmebol

Kauan Santos Braga on Email
Kauan Santos Braga
Meu nome é Kauan Santos Braga sou estudante de jornalismo na Universidade Paulista e Jornalismo Esportivo na Faculdade Cásper Líbero.

Cyber


Related Post