Olimpíadas: Conheça Marcus D'almeida, o brasileiro que fez história no tiro com arco

Na madrugada da última quarta-feira (28), o brasileiro Marcus D’almeida entrou para a história do esporte olímpico brasileiro. A saber, o atleta representante do Brasil no tiro com arco conseguiu o feito inédito de chegar às oitavas de final da modalidade individual nas Olimpíadas.

Marcus avançou após vencer o britânico Patrick Huston e o holandês Sjef van den Berg pelo mesmo placar de 7 a 1. Agora, o brasileiro vai encarar o italiano Mauro Nespoli às 21h30 (horário de Brasília) na próxima sexta-feira (30).

Advertisement

Em suma, o arqueiro de 23 anos se classificou para a fase eliminatória na 40ª posição ao anotar 651 pontos na fase classificatória. Em contrapartida, os favoritos ao pódio são os sul-coreanos, Kim Je Deok que terminou na primeira posição, com 688 pontos, Oh Jin-hyek e Kim Woo-jin.

Carreira de Marcus D’almeida

Marcus iniciou sua carreira no tiro com arco muito cedo. Portanto, aos 14 anos, foi convocado pela primeira vez para a seleção brasileira. Dessa forma, após dois anos, ele foi vice-campeão Mundial Adulto, no torneio disputado na Suíça.

Em 2015, Marcus foi campeão Mundial Junior, aos 17 anos. Já em 2016, ele disputou sua primeira Olimpíada, justamente nos jogos olímpicos disputado no Brasil. Entretanto, ficou pelo caminho na trigésima-segundas de final.

Por fim, em 2019, Marcus viveu grande fase. Sendo assim, o arqueiro foi ouro no Torneio de Ranking Mundial individual. Além disso, ficou com a prata nos jogos Pan Americanos disputado em Lima, no Peru e foi campeão dos Jogos Mundiais Militares.

Agora, nas Olimpíadas de Tóquio, Marcus se prepara para gravar ainda mais seu nome na história do tiro com arco brasileiro. Assim como mencionado no início, o arqueiro vai enfrentar o italiano Mauro Nespoli, atual 6º colocado no ranking Mundial, e pode chegar à uma inédita quartas de final no torneio.

Foto destaque: Reprodução / REUTERS/Clodagh Kilcoyne

mm
Apaixonado por futebol desde os três anos de idade, fui descobrindo ao longo do anos que o amor por esportes não era restrito só ao futebol. Hoje, estudo jornalismo e tenho como grande objetivo cobrir os grandes eventos esportivos pelo mundo a fora. Sou torcedor, tricolor e acima de tudo apaixonado pelo que aquece o coração, sempre com a missão de levar informação.

Bet 7


Related Post