Nascido no Rio de Janeiro, Patrick de Paula Carreiro tem apenas 21 anos e já se destaca entre os experientes jogadores do Palmeiras. O jovem volante surgiu da taça das favelas, um dos principais campeonatos da várzea, e logo em seguida rumou para o Alviverde Paulista. Dessa maneira, acabou fazendo parte de uma das bases mais vencedoras do país.

Em seu primeiro ano como profissional, Patrick foi campeão do Campeonato Paulista, batendo o pênalti decisivo, além de levantar os troféus da Libertadores e Copa do Brasil. Por outro lado, foi vice campeão da Recopa Sul-americana e da Supercopa do Brasil. Contudo, apesar da oscilação natural de início de carreira, aos poucos a revelação do Verdão mostra toda a sua capacidade em território nacional. Porém, a dúvida que fica é se ele já está pronto para jogar nos gigantes clubes Europa.

Advertisement

La Liga (Espanha)

No campeonato espanhol, destacam-se os três grandes Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid. A dupla Barça e Real contam, respectivamente, com Sergio Busquets e Casemiro, estes são considerados intocáveis e dificilmente seriam sacados do time titular para dar espaço a uma aposta. Já no Atlético, teoricamente, ficaria mais fácil de Patrick de Paula conseguir ganhar seu espaço, já que os Colchoneros não possuem em seu elenco nenhuma grande estrela que se destaque ao nível de seus rivais.

Premier League (Inglaterra)

Após uma breve análise de elenco dos grandes clubes que compõem o “Big Six” da Premier League, é conclusivo de que o jovem possa ter espaço em apenas dois desses clubes. Dentre os times que seriam menos prováveis estão: Chelsea, por ter o espetacular Kanté; Manchester City, que tem várias opções como Fernandinho, Rodri e De Bruyne; Manchester United, que conta com Fred e Pogba; Liverpool, com Fabinho e Thiago à disposição.

Já no Tottenham e Arsenal, o cenário é mais animador, pois além de se tratar de clubes gigantes, a promessa brasileira poderia acabar se destacando e marcando seu nome no Velho Continente, para que assim abrisse as portas desses outros clubes que no momento não são acessíveis.

Série A (Itália)

O campeonato italiano também seria um mercado bem competitivo para o jogador brasileiro. Visto que, o Milan para a posição tem Kessié e um bom substituto que é o Tonali. A Juventus talvez seja o mais difícil por contar com jogadores consagrados e que apesar de estarem em má fase, possuem muita qualidade. Da mesma forma, a Lazio está bem servida com Lucas Leiva e Milinkovic Savic e a Inter com Brozovic. Logo, a Roma seria uma boa opção, por ser um clube que está passando por uma reformulação e pode abrir espaços para jogadores em início de carreira.

Bundesliga (Alemanha)

Por fim, a última liga europeia entre as quatro principais, acaba ficando um pouco mais apertado. Visto que, os dois grandes, Borussia Dortmund e Bayern de Munique já possuem boas opções de volantes no elenco. O Borussia tem Emre Can, Thomas Delaney e Witsel à disposição, já o Bayern conta com Joshua Kimmich, Goretzka e Javi Martínez.

Dessa forma, após a análise feita, Patrick de Paula tem sim espaço no futebol europeu, mas é preciso tomar a decisão certa. Além dos clubes citados acima, uma opção também são os clubes de menor aporte financeiro, que também oferecem ótimas oportunidades e não deixam de ser competitivos. A escolha certa por parte do atleta e seu staff, acaba sendo algo crucial na carreira do jogador, pois caso contrário o atleta acaba caindo na extensa lista de jovens promessas brasileiras que não deram certo na Europa.

Foto destaque: Reprodução/Cesar Greco/Palmeiras

Breno Araujo

Related Post