STJD não acata pedido dos clubes da Série A contra o Flamengo

Nas últimas semanas o retorno dos torcedores ao estádio tem sido debatido. Dessa forma, o Flamengo conseguiu uma liminar para ter a presença do público na partida desta quarta-feira (15), diante do Grêmio, pela Copa do Brasil. No entanto, 17 clubes entraram com uma ação no STJD pedindo a anulação do documento, que permite público no Maracanã. 

Sobretudo, Atlético-MG e Cuiabá não assinaram o documento protocolado pelos clubes. Entretanto, Otávio Noronha, presidente do STJD, afirmou que não acatará o pedido das equipes. Assim sendo, o Flamengo x Grêmio vai ter a presença de 24.783 torcedores. Ainda assim, a Prefeitura do Rio de Janeiro concedeu a liminar ao Rubro-Negro na última semana. Do mesmo modo, a semifinal da Libertadores terá 50% da capacidade máxima. 

Advertisement

Na última sexta-feira (10), os clubes se reuniram com a CBF e entraram com um pedido contra a liminar do Flamengo. Contudo, o julgamento está marcado para dia 23 de setembro, mas a decisão não valeria aos demais times, tendo em vista que os três eventos testes já haviam ocorrido até a data do veredicto. Assim, Otávio Noronha comentou sobre:

“Existe uma liminar em vigor e decisão é para ser cumprida. Não cabe descumprimento”.

Em suma, o Flamengo já iniciou as vendas de ingresso para a partida das quartas de final da Copa do Brasil. Tendo em vista que os torcedores terão que fazer exames de Covid-19 48h antes do duelo em laboratório indicado pelo clube. Com a bola rolando, o Mais Querido tem vantagem, após vencer por 4 x 0 na partida de ida.

Próximos jogos do Flamengo

Após vencer o Palmeiras no último domingo (12), o Flamengo retorna para o Rio de Janeiro. Assim sendo, o Rubro-Negro recebe nesta quarta-feira o Grêmio pela quartas de final da Copa do Brasil, às 21h30 (horário de Brasília). Do mesmo modo, o Mais Querido enfrenta o Tricolor Gaúcho no domingo (19), às 20h30 (horário de Brasília), pelo Brasileirão Série A.

Foto destaque: Divulgação/ Flamengo

Francisco Diogo
Apaixonado por futebol desde 1999, encontrei no jornalismo esportivo a realização de sonho que é trabalhar, viver e respira futebol. Sou de Maria da Fé-MG e faço jornalismo na Uniter.

Cyber


Related Post