Quatro

Antes de tudo, a temporada do time feminino da base do Corinthians chegou ao fim. No último domingo (5), a equipe comandada pela técnica, Dani Alves, jogou a final do Campeonato Paulista contra o São Paulo. Logo, as Brabinhas foram superadas pelo placar de 2 x 0 e as meninas do Tricolor consagraram-se campeãs. Contudo, nesta terça-feira (7) quatro jogadoras se despediram do clube por meio das redes sociais.

Além disso, Corinthians e São Paulo voltam a campo nesta quarta-feira (8), às 21h, (horário de Brasília) na Neo Química Arena em busca do título do Paulista feminino.

Advertisement

QUATRO JOGADORAS SE DESPEDEM DA BASE

De antemão, a lateral-esquerda Sabrina Leal, a zagueira Julyana Gaia, a meia Sorriso e a atacante Gabi Silva se despedem da equipe. O anúncio do quarteto foi feito nas redes sociais para agradecer o clube e a comissão técnica. A princípio, o Corinthians foi campeão Sub-16 do Brasileiro sub-18 e do Paulista sub-17. Além disso, todas as atletas treinavam juntas, sem distinção de idade e sob o comando da técnica Dani Alves.

FINAL DO PAULISTÃO COM A PRESENÇA DA FIEL TORCIDA

Nesta quarta-feira (8), às 21h (horário de Brasília), Corinthians e São Paulo decidem título do Paulistão Feminino. Em contrapartida, o jogo de ida aconteceu no estádio Cícero Pompeu no último sábado (4), e o time Tricolor venceu por 1 x 0. Em síntese, para o time do Morumbi ficar com o título estadual, basta um empate.

Por outro lado, para ser campeão no tempo normal, as Alvinegras precisa vencer por dois gols de diferença. Se o Timão vencer por um gol, a decisão vai para os pênaltis. Não há saldo qualificado.

Dessa vez, a partida de volta acontece na Neo Química Arena com a presença da torcida. Além disso, os torcedores esgotaram em dois dias a carga de ingressos disponibilizada para a final. Os bilhetes foram distribuídos gratuitamente a quem acessou o site para fazer sua reserva. Foram colocados à disposição todos os setores, exceto Oeste inferior.

Em suma, o time comandado por Arthur Elias é bicampeão paulista, com títulos conquistados em 2019 e 2020. Esta não é a primeira vez que as equipes se enfrentam em uma decisão. Em 2019, o clássico também aconteceu pela final do Paulistão daquela temporada e a taça ficou com o Alvinegro.

Foto Destaque: Reprodução/Corinthians

Gabrielle Sena
Escolhi o jornalismo por que eu sempre tive paixão pelas palavras. Desde muito nova eu escrevia sobre tudo e de alguma forma eu sentia que era ouvida. Sou Gabrielle Sena, tenho 22 anos, moro na capital de São Paulo, jornalista e atualmente faço pós-graduação em Jornalismo Esportivo. Eu sempre quis ser escritora, entrei no jornalismo para poder aperfeiçoar minha paixão. Durante a faculdade escrevi um livro reportagem sobre Mães Narcisistas, entrevistei 20 mulheres de todos os lugares do país e contei as suas histórias. Escrever um livro foi a minha maior conquista.
O Esporte me faz sair da minha zona de conforto. Sou muito persistente com o que eu quero e me esforço 100%. Meu objetivo é crescer como jornalista e continuar me desafiando todos os dias.

Related Post