ciclismo de bmx, renato rezende brasil

Acima de tudo, na noite desta quarta-feira (28), o brasileiro Renato Rezende avançou às semifinais do ciclismo BMX nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2021, no Japão. No Parque de Esporte Urbanos de Ariake, o carioca fez o terceiro melhor tempo (em 40s980) na primeira bateria, bem como, atrás dos holandeses, Twan van Gendt e Niek Kimmann.

Corrida perfeita de Renato Rezende

Como resultado, o BMX Racing é uma das modalidade do ciclismo, que já teve seu desfecho na estrada, bem como no Mountain Bike.

Advertisement

Na segunda, Renato acabou como o quarto mais rápido (40s983), ficando atrás dos europeus e do argentino Nicolas Torres. Mas, na última bateria, o brasuca voltou a ficar em terceiro (40s705), sendo superado apenas pelos holandeses.

Assim também, o atleta está garantido na semifinal de ciclismo de BMX prevista para esta quinta-feira (29).

“Estou muito feliz. Pela primeira vez, em minha terceira participação olímpica, estou passando para a semifinal. Eu quero muito ir para essa final. Vou recuperar agora e tenho certeza de que amanhã será um dia bom, como foi hoje”, declarou o atleta ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB).

Brasileira eliminada nas quartas de final

No mesmo dia e horário, ocorreu a prova feminina, a brasileira Priscilla Stevaux ficou na sexta posição da chave e não conseguiu passar das quartas.

Natural de Sorocaba (SP), participou de três etapas, com a somatória de 18 pontos. Como também, mesmo com uma técnica apurada, Priscilla não conseguiu desenvolver um bom arranque.

Na primeira etapa a brasileira terminou em sexto lugar, com seis pontos. Na prova, a norte-americana Stancil liderou a bateria.

Durante a segunda etapa, a neerlandesa Smulders surpreendeu e liderou a bateria, na frente da estadunidense. Por outro lado, Priscilla seguiu na sexta posição e somou 12 pontos acumulados.

Na última corrida da bateria, a brasileira repetiu o resultado e se despediu com 18 pontos no geral. Com isso, a paulista se despediu da competição nas quartas de final com o sonho de participar de Paris 2024.

“Acabei me classificando para Tóquio bem no período final. Dentro de toda a dificuldade de treinamento em função da pandemia, infelizmente não foi onde eu queria chegar. Porém, eu levo pelo lado positivo de pegar essa experiência e vir ainda com mais garra para os próximos Jogos, em Paris”. concluiu.

Além disso, a neerlandesa Smuldes e a estadunidense Stancil avançaram às semifinais. Da mesma forma, Etienne, da França, e Mechielsen, do Canadá, completaram.

Por fim, as fases finais da modalidade Ciclismo de BMX no masculino e feminino acontecem na mesma data e horário: nesta quinta-feira (29), a partir das 22h (horário de Brasília).

Foto Destaque: Divulgação/Olympics

Amanda Bernard on Email
mm

Bet 7


Related Post