Roberto de Andrade

Nesta quinta-feira (30) o dirigente do Corinthians, Roberto de Andrade, concedeu uma coletiva e falou sobre a possível volta do volante Paulinho ao clube. Além disso, comentou sobre a não continuidade do Sub-23. Assim também, o plantel teve uma semana de treino, e se prepara para enfrentar o Red Bull Bragantino no próximo sábado (2). Hoje a equipe realizou um treino tático.

E o Paulinho?

”Nós podemos conversar com ele, mas não tem nada fechado”, disse Roberto de Andrade, em entrevista coletiva nesta quinta-feira (30). O dirigente afirmou que nada estava definido e também chegou a ficar irritado com as declarações do empresário, André Cury, do canal Ligados. O agente chegou a dizer que as negociações entre o volante e o clube paulista estavam acertados.

Advertisement

Paulinho deixou o clube em 2013 e está livre no mercado. Bem como, o volante voltou ao Brasil após dois meses no Al-Hilal, da Arábia Saudita. Com a camisa do Corinthians, o atleta jogou 167 partidas e marcou 34 gols. A princípio, foi campeão da Libertadores e do Mundial, de 2012, além do Brasileirão, em 2011 e do Paulista em 2013.

Será o fim do sub-23?

Antes de tudo, o Corinthians está repensando a continuidade da categoria sub-23, que ficou sem calendário após a eliminação da segunda fase do Brasileirão Aspirantes. Danilo, técnico da categoria, foi bem avaliado e, segundo dirigentes alvinegros, deve ser mantido no clube. No momento, não há intenção de aproveitá-lo na comissão técnica da equipe principal.

Preparação para a próxima rodada

Nesta quinta-feira (30) o Timão realizou o penúltimo treino antes de enfrentar o Red Bull Bragantino no próximo sábado (2). O técnico Sylvinho, realizou uma atividade tática posicional com os atletas e, logo depois, fez um trabalho com as bolas paradas defensivas.

Contudo, o Corinthians terá mais um dia de treino nesta sexta-feira (1). A partida será válida pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto Destaque: Reprodução/

Gabrielle Sena
Escolhi o jornalismo por que eu sempre tive paixão pelas palavras. Desde muito nova eu escrevia sobre tudo e de alguma forma eu sentia que era ouvida. Sou Gabrielle Sena, tenho 22 anos, moro na capital de São Paulo, jornalista e atualmente faço pós-graduação em Jornalismo Esportivo. Eu sempre quis ser escritora, entrei no jornalismo para poder aperfeiçoar minha paixão. Durante a faculdade escrevi um livro reportagem sobre Mães Narcisistas, entrevistei 20 mulheres de todos os lugares do país e contei as suas histórias. Escrever um livro foi a minha maior conquista.
O Esporte me faz sair da minha zona de conforto. Sou muito persistente com o que eu quero e me esforço 100%. Meu objetivo é crescer como jornalista e continuar me desafiando todos os dias.

Cyber


Related Post