Simples e clichê: veja os destaques da cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio 2020

Na sexta-feira (23), 8h, (horário de Brasília), aconteceram as apresentações das Olimpíadas de Tóquio 2020. Assim, nos shows, que duraram quatro horas, ficaram claros os cuidados e os espaços vazios na plateia, em razão dos protocolos contra a Covid-19. Em suma, isso tornou o evento simples mas, ainda assim, simbólico e memorável.

ATLETAS NA PANDEMIA

Em primeiro lugar, as apresentações começaram com uma grande queima de fogos. Logo em seguida, começaram as coreografias, na qual os artistas representavam atletas que tiveram que readaptar suas rotinas em isolamento. Em suma, a apresentação foi intitulada de “Distantes, mas não sozinhos“.

Advertisement

Por outro lado, logo em seguida, ocorreu a entrada dos aros olímpicos. Os mesmos foram feitos com partes de árvores plantadas pelos atletas na primeira edição dos jogos no Japão.

ENTRADA DAS DELEGAÇÕES

Certamente, para manter a tradição, a Grécia foi o primeiro país a entrar. Contudo, as outras delegações entraram de acordo com a ordem do alfabeto japonês. Ou seja, como as  vogais vêm antes das consoantes, o Time Brasil só apareceu como o 121ª país.

ARGENTINA E PORTUGAL EMPOLGADAS

Assim, quatro delegações chamaram a atenção. A Argentina logo de cara se destacou pela empolgação e pelo sorriso estampado nos rostos dos atletas. Certamente, a conquista de três ouros olímpicos na Rio 2016 e a recente conquista da Copa América em 2021 são bons motivos para sorrir. Em segundo lugar, a delegação de Portugal, que também se destacou pela alegria com atletas pulando abraçados.

BRASIL DE CHINELO E BESUNTADO DE TONGA

Por outro lado, o ícone com marca registrada na Rio 2016 apareceu de novo: o besuntado de Tonga. Pita Nikolas Taufatofua, o lutador de taekwondo, foi um dos porta-bandeiras do país e chamou atenção mais uma vez.

O Time Brasil também foi destaque pela criatividade  e consciência. Para esclarecer, apenas quatro representantes entraram para o desfile por recomendação do Comitê Olímpico Brasileiro (COB). A ação foi elogiada por jornalistas estrangeiros, segundo a jornalista Bárbara Coelho, da Globo. Além disso, a seleção entrou no estilo bem brasileiro: de chinelo, bermuda e camisa florida com margas curtas. Em suma, Bruninho, do vôlei masculino, ainda arriscou um samba.

TECNOLOGIA ‘A LA JAPÃO’

Na sequência, após a entrada de todas as delegações, as apresentações artísticas foram retomadas. Assim, vários drones formaram o símbolo das Olimpíadas de Tóquio e, em seguida, um Globo. Em suma, a música Imagine, de John Lenon, foi a trilha do show.

DISCURSOS OFICIAIS E ABERTURA OFICIAL DOS JOGOS DE TÓQUIO 2020

Assim, o imperador japonês Naruhito e o presidente do COI, Thomas Bach, voltaram para o discurso de abertura. Bach ressaltou a importância das Olimpíadas para unir as nações de novo, e espera que os jogos de Tóquio sejam a retomada de uma nova era.

HASTEAMENTO DA BANDEIRA OLÍMPICA E NADA DE POMBAS DA PAZ

A bandeira olímpica foi hasteada ao som do hino da competição. Além disso, o Japão mostrou sua cultura novamente, ao não realizar a típica liberação da pomba da paz. Ao invés disso, ocorreu uma chuva de origamis brancos em formato de pássaros.

PICTOGRAMAS DOS JOGOS DE TÓQUIO 2020

Por outro lado, virtual e presencialmente, os novos pictogramas mostraram as modalidades desta edição.

REVEZAMENTO DA TOCHA DE TÓQUIO 2020

Outro momento muito esperado da cerimônia de abertura, é o acendimento da pira olímpica. Assim, o revezamento foi feito por profissionais da saúde de Tokyo.

NAOMI OSAKA FOI A ESCOLHIDA PARA ACENDER A PIRA DOS JOGOS DE TÓQUIO 2020

Em suma, a tenista tetra campeã dos torneios Gran Slam, com pai haitiano e mãe japonesa, foi a escolhida para acender a pira olímpica dos jogos de Tóquio 2020. Por fim, a pira foi baseada no formato do Monte Fuji com um pôr do sol ao fundo.

Foto Destaque: Reprodução/ Jogos Olímpicos

Victor Bezerra
Desde o início da adolescência sempre fui apaixonado pelo jornalismo. De cara, eu já sabia que iria gostar disso. Até porque não é todo jovem que acorda cedo só pra assistir o Bom Dia CE, né? Sigo firme na faculdade de Jornalismo e a minha primeira experiência na área está sendo aqui no Futebol na Veia. Jornalismo social e esportivo sem dúvidas, eu tenho um carinho maior. Personalidade? Organização, responsabilidade e vontade de dialogar com outras pessoas definem o "Victor".

Related Post