Antes de mais nada, o Internacional teve uma boa temporada de 2021. Não estamos falando apenas do time masculino. Abaixo um resumo também do feminino e das categorias de base. Nesse sentido, foram alguns títulos, jogos marcantes e vitórias inesquecíveis. Do mesmo modo, falaremos dos profissionais, sub-20 e outras categorias. Assim, serão citadas conquistas e derrotas. Destaques também serão lembrados.

CATEGORIAS DE BASE

Primeiramente, vale destacar a temporada do Internacional nas categorias de base. Conhecido como Celeiro de Ases, os times masculino e feminino sub-17 conquistaram títulos. Os guris foram campeões estaduais e as gurias venceram a Copa Gaúcha da categoria. Além disso, as meninas do sub-14 também foram campeãs da Liga de Desenvolvimento.

Advertisement

TEMPORADA DO INTERNACIONAL SUB-20 MASCULINO

A equipe masculina Sub-20 do Internacional teve a melhor temporada entre todas as categorias do clube. De quatro competições disputadas, venceu três. Foram na ordem o Brasileirão, o Gaúcho e a Supercopa do Brasil. Ou seja, apenas a Copa do Brasil não ficou com o Colorado. O time foi eliminado pelo Coritiba, mas a derrota foi devolvida na final da última competição conquistada. Ainda mais, o Celeiro de Ases é o atual campeão da Copa São Paulo, que voltará a ser disputada em 2022 depois de um ano sem disputa por conta da pandemia.

Ou seja, o ano de 2022 terá um calendário mais apertado. Assim, começará com a Copa São Paulo. O time estreará em Mogi das Cruzes no dia 4 de janeiro contra o São Raimundo-RR. O grupo ainda tem Portuguesa e União Mogi. Após a Copinha, o Internacional viaja ao Equador para sua primeira participação na Libertadores da categoria, que começa dia 5 de fevereiro. Os adversários serão LDU de Quito, Peñarol e Millonarios. Por fim, o Inter ainda jogará as três de sempre: Copa do Brasil, Brasileirão e Gauchão.

Todos os guris foram muito bem. É injusto citar um ou dois destaques da equipe durante a temporada. O melhor deles foi Matheus Cadorini, que ganhou chances no profissional ficando de fora das duas últimas conquistas do sub-20. Ainda assim, o zagueiro Tiago Barbosa, o lateral-esquerdo Thauan Lara, o meia Matheus Dias e o atacante Nicolas farão parte do elenco principal na próxima pré-temporada.

GURIAS COLORADAS

As Gurias Coloradas merecem os parabéns pela temporada que fizeram . Nesse sentido foram 35 partidas oficiais contando Brasileirão, Gauchão e Brasil Ladies Cup. Tudo normal no estadual. Título em final contra o Grêmio. A primeira experiência internacional contra o América de Cali na Ladies não foi de todo ruim mesmo com a derrota. O time não conseguiu se classificar em um grupo com mais duas paulistas. Além disso, o Brasileiro A1 deixou duas coisas claras: a força do Brasil está no estado de São Paulo e o Internacional é o melhor time do país fora dele. As cinco primeiras equipes classificadas foram de SP e a 6ª foi o Inter. O time eliminou o Tricolor no Morumbi e chegou à semifinal, sendo eliminadas em seguida.

O calendário das Gurias terá uma novidade. Trata-se da Supercopa do Brasil, onde oito equipes se enfrentam em mata-mata. As meninas estão no Brasileirão e no Gauchão também. Além disso, por pouco não conseguiram vaga para a Libertadores. Apenas o campeão e o vice do nacional vão para a competição sul-americana, mas o Corinthians ganhou o título Brasileiro e da Liberta, então abriu a vaga para um semifinalista do Brasileiro A1. Porém, essa vaga foi para a Ferroviária que fez campanha melhor que o Internacional.

Todas as jogadoras foram maravilhosas. A que mais participou de gols foi Fabi Simões marcando 18. A goleira Vivi defendeu muito. A atacante Priscila veio da base e marcou dez vezes no estadual. Por fim, outras jogadoras como Sorriso, Mai e Djeni merecem menção.

INTERNACIONAL MASCULINO

O Internacional masculino tinha a maior perspectiva da temporada. O Gauchão teve início com um time alternativo e terminou com o vice para o Grêmio. A Copa do Brasil foi um desastre. A derrota em casa para o Vitória causou a demissão do técnico Miguel Ramírez. Diego Aguirre assumiu e levou o time até as oitavas de final da Copa Libertadores. Depois de vencer o Olimpia por 6 x 1 na fase de grupos, os dois se enfrentaram em duas partidas no mata-mata que não teve gols. Foi um dia tão ruim para o Colorado, que Edenilson perdeu pênalti e o time foi eliminado. O Brasileirão ia mais ou menos até que a equipe embalou chegando à 7ª colocação. Logo depois, perdeu força e terminou em 12º lugar.

As competições de 2022 serão o Gauchão, Copa do Brasil, Brasileirão e Sul-Americana. O treinador Alexander ‘Cacique’ Medina precisará vencer pelo menos umas para ter seu contrato prolongado. Além disso, a competição internacional deve ser prioridade na temporada.

Antes de mais nada, a torcida reclamou muito dos jogadores. Porém, o time teve valores. Por fim, os destaques foram o goleiro Daniel, Edenilson e Yuri Alberto. O meio-campista conseguiu chegar à Seleção Brasileira e é muito elogiado por Tite. Super Ed foi um dos melhores da posição do Brasileirão. Yuri tem várias sondagens da Europa e poderá ser negociado futuramente.

Imagem destacada: Reprodução/ Internacional

Danilo Araújo on Email
Danilo Araújo
Estudante de jornalismo que tentou ser jogador, mas não conseguiu por uma grave lesão. Então decidi tentar ficar próximo ao esporte que amo pelo jornalismo. Acompanho outros esportes e estou sempre disposto a aprender.

Related Post