GP da Áustria 2021

Acima de tudo, o Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1, está incluído no calendário da categoria em 1970, depois da inauguração, em 1969. Além disso, o novo autódromo, denominado Österreichring e localizado em Zeltweg, cidade maior e mais conhecida. Contudo, a verdade tendo como sede a cidade de Spielberg. Em suma, vale destacar que os donos da casa são a Scuderria RBR dos pilotos Max Verstappen e Sergio Perez.

História do Autódromo

Em 1987, novamente por questões de segurança, depois que a corrida teve de ser reiniciada por três vezes, devido a batidas envolvendo vários carros, o circuito foi banido de novo. Sendo assim, só voltou em 1997, sob a denominação de A1 Ring, depois de uma ampla reforma, conduzida pelo projetista alemão Herman Tilke, entre 1995 e 1996, com um novo traçado, muito mais seguro. Para finalizar, as retas passaram a ser mais curtas e as curvas não tão rápidas.
Em primeiro lugar, aconteceu nessa pista que, em 2001, Rubens Barrichello, obedecendo ordens, abriu passagem para Schumacher chegar em segundo, atrás de David Coulthard. Com isso, em 2002, repetiu a dose, entregando a vitória ao companheiro de equipe. Schumacher ficou tão constrangido com o arranjo, que, no pódio, passou o troféu a Barrichello. Consequentemente, também ocorreu nesse circuito que Luciano Burti fez sua estreia na F1, substituindo Eddie Irvine, adoentado.

Advertisement

O resultado final

Acima de tudo, A1 Ring é sempre uma corrida de três pit stop, principalmente porque a perda de tempo de entrada e saída do box é pequena. Decerto, o desempenho dos pneus é decisivo e as condições da pista mudam sensivelmente à medida que os carros vão deixando borracha no asfalto. Por fim, isso explica porque muitas vezes os tempos de corrida são melhores que os da classificação”.

Grande Prêmio da Áustria de Fórmula 1

Nome oficial: Formula 1 BWT Grosser Preis Von Österreich 2021
Local: Red Bull Ring, Spielberg, Estíria, Áustria
Voltas: 71
Curvas: 10
Percurso: 4.318 km (2.683 mi)
Total: 306.578 km (190.498 mi)
Maior vencedor – Pilotos: Alain Prost (3)
Maior vencedor – Equipe: McLaren (6)
Em 2020:
Pole: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo Híbrido – Tempo: 1m, 02s, 939
Volta mais rápida no GP: Lando Norris – McLaren V6 Turbo Híbrido – Tempo – 1m, 07s, 475 – volta 71

Vencedor: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo Híbrido – 1h, 30m, 55s, 739
2º: Charles Leclerc – Ferrari V6 Turbo Híbrido – +2s, 700
3º: Lando Norris – McLaren V6 Turbo Híbrido – +5s, 4911

Programação:

Sexta-feira, 02/07
Treino Livre 1: 06:30 – 07:30
Treino Livre 2: 10:00 – 11:00
Sábado, 03/07
Treino Livre 3: 07:00 – 08:00
Classificação: 10:00 – 11:00
Domingo, 04/07
Corrida – 10:00

Últimos vencedores:

2020: Valtteri Bottas – Mercedes
2019: Max Verstappen – Red Bull
2018: Max Verstappen – Red Bull
2017: Valtteri Bottas – Mercedes
2016: Lewis Hamilton – Mercedes
2015: Nico Rosberg – Mercedes

Foto Destaque: Reprodução/Twitter Oficial da F1

mm
Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 67 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acompanhei o automobilismo, nos anos de 1960 e começo dos anos 1970 pelos jornais e também pelas Revistas Quatro Rodas e Auto Esporte, depois pela TV. Sempre vibrei muito com os pilotos brasileiros. Sou fã assumido e declarado de Norman Graham Hill, mais conhecido como Graham Hill. Para mim ele é o maior piloto de todos os tempos, pois até hoje foi o único a conquistar a Tríplice Coroa do Automobilismo!

Cyber


Related Post