GP Da Bélgica de F1

Acima de tudo, as férias de verão estão no final! E no dia 29 de agosto, os pilotos estarão na pista para disputar o Grande Prêmio da Bélgica, no circuito preferido por dez entre dez pilotos: Spa-Francorchamps. Sendo assim, o tradicional circuito fica na região de Ardennes, palco de uma das mais violentas batalhas entre aliados e alemães na reta final da Segunda Guerra. Em suma, todos os detalhes dessa corrida e de outras modalidades, você acompanha aqui no FNV Sports.

História do GP da Bélgica

Como resultado, o Circuito de Spa-Francorchamps foi idealizado em 1921 por Jules de Their e Henri Langlois Van Ophem. Além disso, passou por várias modificações ao longo tempo. O atual formato nasceu no ano de 1979.

Advertisement

Similarmente, o circuito provavelmente demonstra a importância da habilidade do piloto mais do que qualquer outro no mundo. Isso se deve principalmente às curvas Eau Rouge e Blanchimont, que precisam ser contornadas com aceleração máxima a fim de que o piloto não perca velocidade nas retas subsequentes, algo bastante importante nos tempos de volta e nas ultrapassagens.

Por outro lado, o maior vencedor da prova belga é o alemão Michael Schumacher, com seis conquistas: 1992, sua primeira vitória na Fórmula 1, 1995, 1996, 1997, 2001 e 2002. Contudo, Ayrton Senna também tem um grande retrospecto na prova belga: foram cinco triunfos, em 1985 e entre 1988 e 1991.

Além disso, outro nome de destaque é o britânico Jim Clark, que ganhou quatro corridas pela Lotus na década de 60. Outro brasileiro, Emerson Fittipaldi, faturou as duas provas disputadas em Nivelles. Em suma, o Grande Prêmio incrementa o turismo da região e o número de empregos temporários e ajuda a impulsionar a economia local.

Grande Prêmio de Spa-Francochamps de Fórmula 1

Nome oficial: Formula 1 Rolex Belgian Grand Prix 2021
Local: Circuito de Spa-Francorchamps – Ardenas, Província de Liège, Bélgica
Cobertura total no FNVSPORTS – https://www.fnvsports.com.br
Voltas: 44
Percurso: 7.004 km (4.352 mi)
Total: 308.052 km (191.410 mi)
Curvas: 20
Volta mais rápida na prova: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo – 1min 46s 258 – 2018
Maior vencedor – Pilotos: Michael Schumacher (6)
Maior vencedor – Equipe: Ferrari (17)
Em 2020:
Pole: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo – 1m, 41s, 252
Volta mais rápida no GP: Daniel Ricciardo – Renault F1 Team – 1m, 47m, 483 (na volta 44)
Vencedor: Lewis Hamilton – Mercedes V6 Turbo – 1h, 24min, 08s, 761
2º: Valtteri Bottas – Mercedes V6 Turbo – +08s, 448
3º: Max Verstappen – Red Bull-V6 Turbo – +15s, 455

Programação:

Sexta-feira, 27/08

Treino Livre 1: 06:30 – 07:30

Treino Livre 2: 10:00 – 11:00

Sábado, 28/08

Treino Livre 3: 07:00 – 08:00

Classificação: 10:00 – 11:00

Domingo, 29/08

Corrida: 10:00

Últimos vencedores:

2020: Lewis Hamilton – Mercedes
2019: Charles Leclerc – Ferrari
2018: Sebastian Vettel – Ferrari
2017: Lewis Hamilton – Mercedes
2016: Nico Rosberg – Mercedes
2015: Lewis Hamilton – Mercedes

Foto Destaque: Divulgação/F1

mm
Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 67 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acompanhei o automobilismo, nos anos de 1960 e começo dos anos 1970 pelos jornais e também pelas Revistas Quatro Rodas e Auto Esporte, depois pela TV. Sempre vibrei muito com os pilotos brasileiros. Sou fã assumido e declarado de Norman Graham Hill, mais conhecido como Graham Hill. Para mim ele é o maior piloto de todos os tempos, pois até hoje foi o único a conquistar a Tríplice Coroa do Automobilismo!

Cyber


Related Post