Carl Bingham

Na segunda etapa da W Series, realizada na Áustria, a pole position e atual campeã da categoria Jamie Chadwick venceu com tranquilidade. Também, a brasileira Bruna Tomaselli protagonizou as melhores disputas da prova com Sarah Moore e terminou P5.

Largada

Primeiramente, enquanto Chadwick largou bem e manteve sua primeira posição, Beitske Visser teve problemas e deixou o segundo lugar para trás. Enquanto que Irina Sidorkova e Emma Kimilainen ficaram logo atrás de Chadwick e disputaram até o fim pelo P2.

Advertisement

Choque entre companheiras

Em seguida, basicamente na metade da corrida, Marta Garcia Gosia Rdest, pilotas da equipe Puma, se chocaram em disputa de posição, ficando pior para Rdest que caiu para último no grid. Logo depois, o incidente seguiu sendo investigado e os comissários informaram que seria revisado após o fim da prova.

Batalha pelo P4 e Chadwick vence com folga

Bruna Tomaselli Sarah Moore protagonizaram a melhor briga por posição da corrida. A brasileira demonstrou boa pilotagem na defesa por toda a prova mesmo com Moore mantendo um ritmo superior, pressionando a todo momento nas curvas 3 e 4.

Mas, no fim, faltando duas voltas, Tomaselli não segurou a pressão e cedeu a posição para a Sarah Moore, ficando ao fim da prova com seus primeiros pontos, em quinto lugar. Também, Sidorkova e Kimilainen ficaram com os respectivos segundo e terceiro lugar. Por fim, Jamie Chadwick, atual campeã da categoria, justificou o favoritismo com a vitória e a volta mais rápida da segunda etapa da W Series.

Foto destaque: Reprodução/Carl Bingham

Pedro Montanini

Cyber


Related Post