Albon e Latifi são os pilotos da Williams para 2022. Foto: divulgação/Williams

Após a confirmação de George Russell na Mercedes, haviam especulações sobre a vaga deixada tanto pelo inglês, quanto para o outro assento da equipe, que ainda não tinha um piloto confirmado. Contudo, nessa quarta (8), a Williams anunciou a contratação de Alexander Albon para 2022, assim como a permanência de Nicholas Latifi.

Albon volta para a F1, fora do programa da Red Bull

O piloto de 23 anos estava na Red Bull até o ano passado, e foi substituído por Pérez. Sem assento na F1 em 2021, se tornou piloto de testes e reserva da equipe austríaca. Além disso, passou a correr na DTM. No entanto, ganha a oportunidade de regressar à categoria, fora da academia da Red Bull – a qual fez parte por muito tempo.

Advertisement

“Estou muito animado e ansioso para retornar a uma vaga na Fórmula 1 em 2022. Quando você tira um ano da F1, nunca é certo que você fará um retorno, então estou extremamente grato à Red Bull e Williams por acreditarem em mim e me ajudando em minha jornada de volta ao grid. Também tem sido ótimo ver todo o progresso que a Williams tem feito como equipe este ano e estou ansioso para ajudá-los a continuar essa jornada em 2022”, disse o piloto.

O CEO da Williams, Jost Capito, se mostra animado com a vinda de Albon para a equipe.

“Alex é um dos jovens talentos mais empolgantes do automobilismo, mas vem com uma grande experiência na F1 de sua época na Red Bull. Seus múltiplos pódios destacam sua velocidade como piloto, e sabemos que ele se sentirá imediatamente em casa com a equipe de Grove”.

Latifi fica na Williams

Além da novidade da chegada de Albon, a Williams também anunciou que Latifi permanece com a equipe em 2022. Essa será a terceira temporada do canadense na F1. O piloto de 26 anos, ressaltou a evolução do time, assim como o bom ambiente proporcionado por ele.

“Estou animado para continuar com a Williams por mais um ano; em parte por causa dos novos regulamentos técnicos da F1, mas também porque a equipe está se movendo em uma direção mais competitiva com novos proprietários, gerência e pessoal técnico. Tenho me sentido em casa aqui desde o dia em que cheguei e acho que estou no lugar certo para continuar com minha trajetória positiva. O objetivo é continuar fazendo pequenas melhorias para que todos possamos aproveitar a oportunidade que temos no próximo ano”.

Com a dupla de pilotos definida, o CEO da Williams mostra entusiasmo para a realização de um bom trabalho em 2022.

“Estamos extremamente entusiasmados com a nossa nova formação, com ambos os pilotos trazendo uma grande mistura de juventude e experiência que não só será uma grande escolha para a equipe, mas também nos ajudará a dar o próximo passo em nossa jornada”.

Foto Destaque: Divulgação/Williams

Carol Sales

Cyber


Related Post