Willian Arão completa 300 jogos com a camisa do Flamengo

Nesta quarta-feira (19), o agora zagueiro William Arão irá completar 300 jogos com a camisa do Flamengo. Assim, de vilão a peça fundamental do rubro negro, o zagueiro chegou no dia14 . Assim, hoje pela FlaTV, o jogador recebeu homenagem de seus colegas e ex-companheiros.

O que eu quero deixar pra vocês aqui, é que quando eu entro em campo, eu dou o meu melhor. Posso não ser o melhor jogador, mas eu dou o meu melhor, deixo a minha vida lá dentro. Cometo erros, cometo acertos, mas eu dou tudo que eu tenho, tudo que eu posso. Nem todos vão gostar de mim, não gostam, mas uma coisa vocês não podem duvidar: do meu caráter, da minha índole e da minha entrega por esse clube porque se eu tiver que morrer lá  dentro, por essa camisa eu vou morrer, sem dúvidas. disse Willian Arão emocionado.

Advertisement

Em síntese, no jogo desta quarta-feira (19) diante da LDU, pela Libertadores. Willian Arão completa 300 jogos com a camisa do Flamengo. Dessa forma, no Mais Querido conquistou o Carioca (2017, 2019, 2020), Brasileiro (2019 e 2020), Libertadores (2019), Supercopa do Brasil (2019 e 2020) e Recopa (2019).

Trajetória no futebol

Willian Souza Arão da Silva, nasceu no dia 12 de março de 1992, em São Paulo. Assim, em 2008, após se destacar no Grêmio Barueri, foi para a base do São Paulo. Desta forma, em 2010 consagrou-se campeão com a equipe, na Copa São Paulo de Futebol Júnior (Copinha). Logo após, o jogador chegou ao Espanyol, da Espanha, após ser destaque na competição juniores. No entanto, não foi aproveitado pela equipe espanhola, onde alternava na principal e time B.

Em 2012 retornou ao Brasil, para jogar pelo Corinthians. Dessa maneira, aos 19 anos fez parte da equipe que venceu a Libertadores e o Mundial daquele ano. Entretanto, não foi aproveitado por Tite. No ano seguinte, o jogador foi emprestado a Portuguesa até final daquele ano.

No início de 2014 novamente emprestado, agora para a Chapecoense. Assim, onde veio marcar o seu primeiro gol como profissional. No entanto, o jogador retornou ao Corinthians no meio do ano, mas já teve seu empréstimo para o Atlético-GO onde foi uns dos destaque da equipe, e consagrado campeão da Série B.

Após, o ano de destaque pelo Dragão, Willian Arão chegou ao Botafogo, em 2015. Na equipe, o volante foi destaque, e consagrou-se campeão da Série B, e do Carioca daquele ano. Entretanto, o clube queria renovar seu vínculo. No entanto, não obteve sucesso com a negociações.

Chegada ao Flamengo

Willian Arão chegou na Gávea, no dia 14 de dezembro de 2015. Assim, em primeira temporada marcou seu primeiro gol diante do Santa Cruz, em um  amistoso. Com isso, teve bom desempenho no aquela pelo Flamengo. No seguinte, completou seus 100 jogos com a camisa do Mengão diante do Vitória.

No entanto, a temporada de 2018 não foi muito utilizado e chegou até ser negociado, pela diretoria do Flamengo. Entretanto, o Olympiacos não depositou o dinheiro da contratação. A partir disso, Arão passou a ter mais oportunidade e teve seu contrato renovado até final de 2019.

No ano mágico de 2019, William Arão fez uns dos gols do título do Flamengo, na final do Carioca. Em junho, Jorge Jesus chegou ao clube, e Arão passou á ser primeiro volante. Assim, completou 200 jogos no dia 10 de agosto. Naquele ano, teve sua melhor temporada, após ser peça fundamental de Jesus. Assim sendo, conquistou a Libertadores, Recopa e Supercopa do Brasil.

Em 2020, William Arão, após completar 278 jogos com camiseta do Flamengo, se tornou o atleta que mais vestiu o manto rubro negro na década. Assim, com o clube conquistou o bicampeonato do Brasileirão e venceu a Supercopa do Brasil. No entanto, com a chegada de Rogério Ceni, Arão passou atuar como zagueiro, e obteve bons desempenho nessa função. Com isso, o aproveitamento subiu de 49% para 79% de aproveitamento defensivo.

Parabéns, William Arão!

Foto destaque: Reprodução / Instagram / Willian Arão

Francisco Diogo
Apaixonado por futebol desde 1999, encontrei no jornalismo esportivo a realização de sonho que é trabalhar, viver e respira futebol. Sou de Maria da Fé-MG e faço jornalismo na Uniter.

Bet 7


Related Post