Figueirense vence, Botafogo-SP afunda Paraná, e São José e Criciúma ficam zerados

Neste domingo (6), terminou a 2ª rodada do Grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C 2021. Dessa forma, no sábado (5), o Figueirense bateu o Oeste por 1 x 0, no Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Mais tarde, na Vila Capanema, em Curitiba, o Botafogo-SP derrotou o Paraná Clube também por 1 x 0. Por fim, na noite de domingo (6), São José e Criciúma empataram sem gols.

Nesse sentido, o Figueirense subiu para a 5ª posição, com três pontos. Já o Oeste, se encontra na 8ª colocação, e ainda não pontuou. Na sequência o Botafogo-SP está em 3º lugar, com seis pontos somados,  perdendo no desempate para Ypiranga e Novorizontino. Em contraste com o Pantera, o Paraná é o lanterna, sem pontos somados. Por último, o São José fez seu primeiro ponto, e está em 6º lugar. Por outro lado, o Criciúma é o 4º colocado, com quatro pontos.

Advertisement

BRASILEIRÃO SÉRIE C 2021 – 1ª FASE – GRUPO B

FIGUEIRENSE 1 X 0 OESTE

Em primeiro lugar, o Rubrão começou melhor, tendo a bola no campo de ataque, e cercando área do adversário. Porém,  o Furacão foi letal na primeira oportunidade. Com 7 minutos, após uma saída errada do goleiro Glauco. A bola sobrou para Bruno Paraíba chutar como o gol vazio, e fazer o primeiro dos catarinenses. Depois, aos 14′, o Figueirense teve uma grande para ampliar. Diego Tavares invadiu a área, e foi derrubado Glauco. Pênalti marcado. Todavia, Dener desperdiçou. No decorrer da primeira parte, o Oeste tinha mais posse bola, mas sem levar perigo. A melhor oportunidade, foi aos 34′, no chute de Léo Arthur.

Na volta do intervalo, o Figueira tentava explorar os espaços do time paulista. Que por sua vez, finalizava um pouco mais do que na primeira etapa, em busca do empate. Assim, aos 3′, Kalil chutou chutou de fora da área, passando à esquerda e lavando perigo à meta do Furacão. Posteriormente, aos 17′, o Figueirense armou um bom contragolpe. Oberdan recebeu na direita, entrou na área, mas preferiu tocar e errou o passe. Com 23 minutos, outra tentativa do Oeste. Raí Ramos cobrou falta perigosamente, mas ela foi à esquerda da baliza.

Por fim, aos 37 minutos, escanteio para o Rubrão. Após o cruzamento, Jeffinho tocou de cabeça, o arqueiro Rodolfo Castro pegou. Na sobra, novamente de cabeça, Kalil carimbou o travessão. Assim, o time catarinense ainda teve mais uma chance para fazer 2 x 0. Com 45′, Pedro Maranhão saiu livre de marcação, mas chutou em do arqueiro Glauco.

PARANÁ CLUBE 0 X 1 BOTAFOGO-SP

A partida começou as duas equipes tentando dominar o meio campo. Por conseguinte, a Gralha Azul passou a dominar as ações, pressionando o Pantera. Assim, primeira boa chance veio aos 21′. Juninho cobrou a falta, mas a bola foi por cima, levando perigo. Entretanto, aos 24 minutos, contra-ataque rápido do Botafogo-SP. Gustavo Xuxa achou Neto Pessoa livre na grande área, que finalizou, e abriu o placar. Por fim, o Paraná tentava o empate, trocava passes, mas não conseguia furar a defesa paulista.

Na etapa derradeira, o Tricolor Paranista voltou buscando a igualdade. No primeiro minuto, após bola cruzada na área, Reis toca de cabeça, e o guardião do Botafogo-SP, Igor, fez uma grande pegada. Posteriormente, o Paraná continuava insistindo. Aos 12′, Gustavinho tentou o chute de fora, mas Igor defendeu novamente. Dessa forma, o time paranaense não conseguia passar da boa defesa do Pantera. Em conclusão, com 47 minutos,  Reis arriscou de de fora área novamente, mas Igor espalmou. Assim, a equipe paulista garantiu o triunfo fora de casa, e jogou a Gralha Azul para a lanterna.

SÃO JOSÉ 0 X 0 CRICIÚMA

Em princípio, o Tigre adiantou sua marcação, pressionando o Zequinha na retaguarda. No entanto, o São José aproveitou espaço deixado pela defesa, e chegou com perigo. Aos 2′, Cláudio Maradona arrancou pela direita, e cruzou rasteiro. O goleiro Gustavo precisou sair para afastar. Em seguida, resposta do Criciúma. Com 4 minutos, Dudu Figueiredo chutou forte, e o arqueiro Fábio Rompi defendeu em dois tempos. Posteriormente, Na marca dos 32′, Alessandro Vinícius pegou de primeira, a bola bateu na defesa dos catarinenses, e saiu. Por fim, aos 38 minutos, resposta Tricolor. Dudu Figueiredo mandou de longe, Fábio Rompi pegou, e na sobra Luiz Paulo pegou mal.

Na segunda parte, o Zequinha chegou primeiro. Aos 4′, Mardley matou no peitou, tentou a finalização, mas a bola foi à direita. Depois, aos 10 minutos, chegada do Criciúma. Dudu Figueiredo chutou da grande área, mas o arqueiro Fábio Rompi fez a pegada. Na marca dos 16′, São José de novo no ataque. Após cruzamento da esquerda, Bruno Motta cabeceou nas mão do goleiro Gustavo. Dessa forma, as equipes não conseguiram marcar, e o placar terminou fechado.

Foto Destaque: Reprodução/Patrick Florianni/Figueirense FC

mm
Escolhi o Jornalismo como profissão, porque desde a minha infância sempre fui fascinado pelos âncoras de telejornais e pelas transmissões esportivas no rádio e na televisão, a relação com meu time do coração também influenciou na minha escolha. Sou uma pessoa bem tranquila, mas que quando acredito em alguma coisa, sempre tento buscar correr atrás.

1xBet


Related Post