Lisca

A derrota do Vasco para o Londrina nesta quarta-feira (18), em São Januário, sacramentou a pior campanha do time no primeiro turno da Série B. Sem dúvida, o clube também apresenta seu pior desempenho na segunda divisão. Dessa forma, a equipe de Lisca tem grandes desafios no returno para sonhar com o acesso.

O Londrina venceu o Vasco, por 2 x 1, de virada, em São Januário, na 19ª rodada. Assim, o Cruz-Maltino fecha a primeira parte do campeonato em uma situação desconfortável e longe da campanha que o apontava como um dos favoritos.

Advertisement

“Tem muita coisa ruim, muita coisa errada”

A equipe soma sua segunda derrota consecutiva, no momento em que esteve mais perto de entrar e brigar para permanecer no G4. Com sete derrotas no primeiro turno, o time de Lisca vem sofrendo com os mesmos problemas da era Marcelo Cabo. Na coletiva pós-jogo, o técnico vascaíno lamentou a derrota e apontou que a saída pode ser fazer o simples.

“Talvez tenhamos que fazer um futebol mais simples, mas estamos muito vulneráveis, estamos tomando muitos gols. Tem muita coisa ruim, muita coisa errada”, disse Lisca.

A equipe vascaína vem sofrendo na defesa, têm dificuldades para armar jogadas, e não consegue propor um jogo mais intenso por muito tempo. Faltam jogadores que correspondam às propostas do treinador.

Como resultado, o time deixa escapar muitos pontos para as equipes mais frágeis da competição. Nos últimos jogos, o Gigante da Colina enfrentou times da parte baixa da tabela. A “maratona” era oportuna para embalar e entrar na zona de classificação.

Contudo, os resultados foram aquém. Dos 12 pontos contra essas equipes, os cariocas somaram seis e perderam seis. Embora tenha vencido dois jogos consecutivos, quando bateu Vitória e Vila Nova, também emendou duas derrotas, para o Remo, e a última para o Londrina. Dois jogos difíceis de digerir.

O maior desafio da carreira de Lisca?

É certo que o Vasco fecha o primeiro turno sem consistência e sem uma boa atuação para salvar. Na 11ª posição com 28 pontos, está a quatro da zona de classificação.

Por isso, o time inicia o returno com o desafio de se livrar da “fobia G4”. Precisa superar a dificuldade para entrar na zona de acesso, quando metade do campeonato já se foi. Pela primeira vez, os vascaínos iniciam o returno da Série B correndo por fora, com 49,12% de aproveitamento.

O próximo jogo é contra o Operário-PR neste sábado (21), no estádio Germano Krüger. A equipe de Ponta Grossa venceu o Vasco na estreia da Série B, em São Januário.

Naquela ocasião, os paranaenses se mostraram mais time que o Cruz-Maltino. Agora, um ponto separa as equipes, com o Fantasma olhando pelo retrovisor.

Foto Destaque: Divulgação/Rafael Ribeiro/Vasco

Nayra
É jornalista de formação. Atua na área de esportes e cobre futebol. Com foco em webjornalismo, se dedica a criação de conteúdo especializado na internet, redes sociais e blogs.

Cyber


Related Post